Futebol/Campeonato Gaúcho - ( )

Gauchão chega à última rodada com brigas embaixo e em cima da tabela

Do correspondente Vicente Fonseca Porto Alegre (RS)

A primeira fase do Campeonato Gaúcho será encerrada neste domingo com oito partidas às 16 horas, (de Brasília). Todas têm pelo menos um clube disputando algo. Na prática, apenas três equipes não têm mais o que fazer nesta rodada derradeira: o Internacional, líder geral da primeira fase, e os rebaixados Passo Fundo e Pelotas.

Outras equipes já classificadas entram na rodada pensando em vitória para crescerem seu número de pontos, o que pode lhes dar a vantagem de decidir em casa mata-matas posteriores. É o caso de Brasil, Veranópolis, Grêmio, Caxias e Novo Hamburgo.

Ao todo, o Gauchão já conhece seis dos seus oito finalistas e dois de seus três rebaixados para a segunda divisão. Abaixo, o que vale cada jogo desta última rodada do estadual e o que cada equipe precisa para atingir os seus objetivos.

Guia para acompanhar a última rodada do Gauchão

Lajeadense x Internacional: com 16 pontos, a equipe de Lajeado é 6ª colocada do Grupo A e ainda tem chances remotas de se classificar. Para tanto, precisa ganhar do Inter, torcer por derrota do Juventude e para que o São José não vença. O Colorado cumprirá tabela no Estádio Alviazul.

Esportivo x São José: o Esportivo tem 13 pontos e ainda pode ser rebaixado. Evitará a queda se pontuar diante do Zequinha. Em caso de derrota, só cairá se o São Luiz. O São José, com 17 pontos, é o 5º do Grupo A. Pode se classificar se vencer e o Juventude não ganhar o seu jogo.

Brasil x Veranópolis: dois times já classificados. O Brasil já é o vice-líder garantido do Grupo A, mas disputa com o Grêmio a condição de segunda melhor campanha da primeira fase, que pode lhe garantir a vantagem de pegar o Tricolor em casa numa possível semifinal – ambos têm 26 pontos, mas os gremistas levam vantagem no saldo. O Veranópolis, com 22, cumpre tabela em Pelotas.

Aimoré x Juventude: com 16 pontos e saldo -6, o Aimoré depende de um milagre para se classificar. Precisa bater o Juventude por 3 a 0 e torcer para que São José e Lajeadense não vençam seus compromissos – se a equipe de Lajeado vencer, a goleada sobre os caxienses precisa ser de no mínimo 7 a 0. Já o Ju garante vaga com vitória. Se empatar, precisa torcer para o São José não golear o Esportivo. Perdendo por até dois gols de diferença, se classifica se o Zequinha e o Lajeadense não vencerem.

Caxias x Novo Hamburgo: o único objetivo que resta ao Caxias é tentar garantir a liderança do Grupo B, o que será atingido se bater o Novo Hamburgo e o Grêmio não vencer o já rebaixado Pelotas. O Novo Hamburgo, classificado, só joga para tentar melhorar sua pontuação. Se empatar no Centenário, já conseguirá evitar um confronto com o Inter nas quartas – perdendo, precisa secar o Cruzeiro-RS para alcançar este objetivo.

Passo Fundo x São Paulo-RS: com 17 pontos, o São Paulo-RS ainda pode se classificar. Conseguirá se ganhar o seu jogo e o Cruzeiro-RS não vencer o seu. Em caso de empate, só passa se o Cruzeiro-RS levar 4 a 0 em casa do São Luiz. O Passo Fundo, rebaixado, cumpre tabela.

Cruzeiro-RS x São Luiz: o Cruzeiro-RS garante sua classificação com uma vitória. Empatando ou perdendo, precisa torcer para que o São Paulo-RS não vença. O São Luiz, para não cair, tem de ganhar e torcer por derrota do Esportivo.

Grêmio x Pelotas: a briga do Grêmio é ficar à frente do Brasil, para decidir em casa nas semifinais caso ambos se enfrentem. O Tricolor garante a liderança de sua chave com vitória. Se empatar ou perder, torce para que o Caxias não vença. O Pelotas, rebaixado, só tem como objetivo evitar uma goleada.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade