Futebol/Campeonato Paulista - ( )

Goleiro confia em recuperação da solidez defensiva do Corinthians

Helder Júnior São Paulo (SP)

Com 16 gols sofridos em 11 jogos disputados no Campeonato Paulista, o Corinthians deixou de ter a mesma segurança defensiva que caracterizou a última passagem do técnico Tite pelo Parque São Jorge. Um dos remanescentes do setor, o goleiro Cássio não está preocupado com a queda de rendimento.

“Mudamos três jogadores na nossa linha defensiva com as entradas do Cleber, do Fagner e do Uendel. Isso altera um pouco o estilo de jogo. Mas, mesmo quando o Corinthians conseguiu se manter bem, não foi de uma hora para outra. Com o tempo, o mais rapidamente possível, voltaremos a ter solidez na defesa”, garantiu Cássio.

O técnico Mano Menezes já usou o mesmo argumento do seu goleiro para justificar os gols que o Corinthians levou no Estadual. O gaúcho perdeu o zagueiro Paulo André para o futebol chinês, o lateral direito Alessandro, que se aposentou, e o lateral esquerdo Fábio Santos, próximo de um retorno após se recuperar de cirurgia no abdômen.

Para Cássio, Mano tem condições de acertar o sistema defensivo corintiano. “Tive a oportunidade de trabalhar com ele no Grêmio, quando fomos uma das melhores defesas do campeonato. É um técnico que cobra muito para o time tomar poucos gols”, defendeu.

Djalma Vassão/Gazeta Press
A evolução da defesa do Corinthians coincidiu com o retorno de Cássio, recuperado de lesão
O Corinthians já apresentou melhora nos últimos jogos. Contando novamente com Cássio desde o clássico com o Palmeiras, o time voltou a vencer no Estadual e ficou mais seguro com o zagueiro Cleber no lugar de Felipe. “Não tomamos gol contra o Comercial. No decorrer do campeonato, vamos diminuir ainda mais o número de gols sofridos”, enfatizou Cássio.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade