Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Goleiro aprova versatilidade do Palmeiras: “Não é refém de esquema”

Yan Resende, especial para a GE.Net São Paulo (SP)

Gilson Kleina já está no comando do Palmeiras há um ano e seis meses, amargou o rebaixamento à Série B, recolocou a equipe na primeira divisão, e agora colhe os frutos da boa permanência no Palestra Itália. Com o reconhecimento de seu trabalho, o treinador ganhou a confiança do elenco e vem sendo fundamental para o bom desempenho neste Campeonato Paulista.

Com peças de reposições para a maioria das posições, o treinador é munido de boas opções. Sendo assim, pode variar o esquema palmeirense conforme a dificuldade do confronto. Essa vantagem foi reconhecida por um dos jogadores mais experientes do grupo alviverde, o goleiro Fernando Prass, que não poupou elogios ao trabalho desempenhado pelo treinador.

“O Gilson (Kleina) conhece muito bem o elenco e fica mais fácil de identificar o atleta que vai corresponder em determinados pontos da partida. Isso facilita muito o trabalho dele, por isso que o Palmeiras não é refém de esquema. Se não der certo um esquema em uma partida, conseguimos mudar para buscar o resultado”, destacou Fernando Prass.

Divulgação
Fernando Prass aprova a versatilidade apresentada pelo Palmeiras (Crédito: Cesar Greco/Ag Palmeiras)
O goleiro também fez questão de ressaltar o espírito coletivo da equipe, que acabou deixando o Palmeiras ainda mais compacto em campo. Alan Kardec, por exemplo, é um dos artilheiros do Campeonato Paulista, com nove gols, mas não deixa de ajudar na marcação. Assim como o meia Valdivia, que de destacou na vitória sobre o Bragantino pelas roubadas de bola no meio de campo.

“Nenhum time consegue marcar apenas com seis jogadores, assim como não consegue atacar com três ou quatro. Como os atacantes são importantes na compactação do time, o pessoal da defesa é importantíssimo na parte ofensiva, pois ajuda na transição. Quanto está sem a bola, todos tem que defender. Isso está fazendo o nosso time muito equilibrado”, explicou o goleiro do Verdão.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade