Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Homenageado, Adrianinho deixa festa de lado para reclamar de árbitro

Campinas (SP)

A vitória por 2 a 1 sobre o Oeste na noite deste sábado teve significado especial para Adrianinho. Além de o triunfo ser importante para a disputa por uma vaga nas quartas de final do Campeonato Paulista, a partida foi a de número 200 do meia pela Ponte Preta. Apesar da marca história, o jogador mostra indignação com a postura do árbitro Marcelo Alfieri.

“Não é que eu não tenha gostado do jeito de ele apitar”, começa Adrianinho. “É que ele ofende a gente dentro de campo. Quando a gente ofende ele, isso é relatado na súmula. E quando é o contrário? Ele ofendeu tanto os jogadores da Ponte quanto do Oeste”, questionou.

Divulgação
Meia teve atuação discreta em sua 200ª partida pela Macaca, mas foi aplaudido pelos pontepretanos

Apesar de acusar o árbitro de xingamentos direcionados aos atletas durante a partida, o meio-campista abre o sorriso para oferecer os louros da vitória a um companheiro de equipe. “É dar parabéns ao Alemão também, porque amanhã é aniversário dele, então já parabenizamos ele também”, ressaltou, lembrando que o dono da camisa 9 alvinegra marcou um gol e deu uma assistência na virada sobre o Oeste neste sábado.

O jogo 201 de Adrianinho deve ser contra o Bragantino. A Ponte Preta visita o time de Bragança Paulista no estádio Nabi Abi Chedid às 19h30 desta quarta-feira, em duelo válido pela 12ª rodada do Campeonato Paulista.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade