Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Jadson tem dúvida sobre postura rival: “Não sei a índole de cada um”

Helder Júnior São Paulo (SP)

Jadson passou os últimos dois anos de sua vida no São Paulo. E não sabe se a antiga equipe entrará em campo disposta a vencer o Ituano no domingo, no Morumbi – um resultado que favoreceria o Corinthians na disputa pela segunda vaga do grupo B nas quartas de final do Campeonato Paulista.

“Se eu estivesse em uma situação dessa, com certeza entraria para ganhar. Mas não sei a índole de cada um”, comentou Jadson, garantindo que não conhece os ex-companheiros a ponto de imaginar a postura deles no fim de semana. “Eles têm a mentalidade deles. Não sei o que estão pensando. Não sei o que rola nos bastidores.”

Distante dos bastidores do São Paulo, o Corinthians viu prejudicada a sua luta pela classificação ao ser derrotado por 3 a 2 pelo rival no domingo. O novo time de Jadson seguiu com 20 pontos ganhos, contra 22 do Ituano. Por isso, vencer Penapolense e Atlético Sorocaba nas duas últimas rodadas da primeira fase passou a ser primordial para o técnico Manbno Menezes.

Divulgação/Agência Corinthians
Jadson não sabe se pode contar com a ajuda do São Paulo contra o Ituano (foto: Daniel Augusto Jr.)
“A gente tem mais dois jogos pela frente e precisa ganhar os dois, além de torcer para o Ituano tropeçar”, resumiu Jadson, tentando esquecer que é o São Paulo o primeiro adversário do time de Itu. “A gente precisa pensar nos nossos jogos, tendo esperanças, e ver o que vai acontecer com o Ituano só depois. Eles não vão enfrentar apenas o São Paulo”, lembrou. Na última rodada, o concorrente corintiano terá o Penapolense pela frente, em casa.

Com fé no Penapolense, Jadson chegou até a corrigir a declaração em que colocou em dúvida “a índole de cada um”. “Não desconfio de nada, não”, disse, sorrindo. “Os jogadores do São Paulo são profissionais, defendem o clube deles e têm famílias para sustentar. Aconteceu essa situação, que faz parte do futebol, então devemos procurar fazer a nossa parte e esquecer o resto”, repetiu o ex-são-paulino.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade