Futebol/Campeonato Carioca - ( - Atualizado )

Jogadores do Botafogo falam em lutar até o fim pela semifinal

Rio de Janeiro (RJ)

A derrota por 2 a 0 para o Macaé, no sábado de Carnaval, deixou o Botafogo ainda mais distante de uma vaga nas semifinais do Campeonato Carioca. Mesmo cabisbaixos, os jogadores do time alvinegro ainda não entregaram os pontos na disputa pela classificação.

“Infelizmente, não jogamos bem e saímos derrotados, mas ainda temos quatro jogos para buscar o objetivo. O futebol nos mostra que é possível lutar até o fim. Dependemos dos outros, mas vamos fazer o possível para ficar com a vaga”, bradou o zagueiro André Bahia.

O goleiro Helton Leite foi mais um a prometer entrega nos últimos compromissos da fase classificatória. Sem deixar de lembrar que o Botafogo soma 15 pontos contra 21 do Vasco, quarto colocado na tabela. “Estamos a seis pontos deles. É difícil, mas temos que dar o nosso melhor e honrar a camisa”, disse.

Estaria mais fácil se não fosse a inesperada derrota para o Macaé, que ainda luta contra o rebaixamento. O Botafogo entrou em campo com a sua equipe reserva neste fim de semana e esteve longe de repetir a grande atuação da rodada passada.

“Cada jogo tem uma história diferente. Não é porque fizemos 3 a 0 no Fluminense que ganharíamos do Macaé de qualquer forma”, defendeu André Bahia. “Não tem explicação. Não imprimimos o nosso ritmo de jogo em um campo ruim, com um adversário causando dificuldades”, lamentou Helton Leite.

Para o atacante Henrique, que não teve um desempenho além de esforçado, a história poderia ser outra se um pênalti para o Botafogo fosse assinalado no primeiro tempo. “Acho que foi pênalti. Na hora em que fui chutar, pegaram no meu pé”, reclamou. “Estávamos dominando o jogo, só faltando acertar o último passe. Infelizmente, tomamos o gol em um fatalidade. E o campo estava duro, mas para os dois lados”, concluiu.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade