Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Jogadores do Coxa exaltam vantagem conquista em gramado lamentável

Do correspondente Luiz Felipe Fagundes Curitiba (PR)

O Coritiba saiu na frente nas quartas de final do Campeonato Paranaense 2014 ao bater o Rio Branco por 2 a 0, fora de casa, levando a vantagem do empate para a volta, no Couto Pereira. O nome do jogo foi o meia Alex, autor dos dois gols, e que mesmo com as péssimas condições do gramado do Gigante do Itiberê, conseguiu mostrar seu futebol.

“O campo é muito ruim, é difícil, realmente nos causa tristeza um campeonato profissional ter um campo como esse”, afirmou o jogador, independentemente do gramado, esperava que o Coxa se impusesse. “Mas, tudo é desculpa no futebol. Se a gente perde, poderia colocar a culpa no campo. Mas o time que joga para ser campeão é o nosso. Foi um resultado importantíssimo”, completou.

O volante Germano também destacou a vitória em Paranaguá, superando as dificuldades do calor e dos buracos para conquistar a vantagem. “Era nosso intuito vir buscar essa vantagem. Nos assustamos um pouco com o gramado, mas conversamos e nos adequemos o mais rápido possível. A equipe foi consistente, conseguiu trabalhar a bola e teve inúmeras oportunidades”, avaliou.

A boa postura tática, combinada antes de a bola rolar, foi o ponto positivo levantado pelo goleiro Vanderlei, confiante da confirmação da vaga para as semifinais no próximo final de semana. “A gente sabia que eles dariam espaço e precisamos matar o jogo. Tivemos um bom resultado e no próximo jogo em casa vamos tentaremos nossa classificação”, finalizou

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade