Futebol Internacional/Bastidores - ( - Atualizado )

Justiça espanhola pode investigar ida de David Villa ao Barça em 2010

Valencia (Espanha)

A polêmica transferência de Neymar ao Barcelona pode inaugurar uma série de investigações da Justiça espanhola sobre os obscuros negócios feitos pelo clube catalão nos últimos anos. Segundo o jornal El País, a 3ª vara da cidade de Valência aceitou averiguar a compra do atacante David Villa pelo Barça, feita em maio de 2010, e solicitará à Liga de Futebol Profissional (LFP) os documentos referentes à transação.

Conforme explicou o diário espanhol, um acionista do Valencia já havia entrado com queixa contra ex-dirigentes do clube por conta da misteriosa venda de Villa ao Barcelona alegando que “a assinatura do contrato tinha coisas muito estranhas”. Convidada a explicar a situação, a diretoria valencianista não apresentou nenhum documento detalhado sobre o negócio, diferentemente do que geralmente faz em outras transações.

O Barcelona, por sua vez, por meio do ex-presidente Sandro Rosell comprovou o pagamento de 40 milhões de euros (cerca de R$ 128 milhões) ao Valencia pelos direitos econômicos de Villa. O valor é diferente dos 42 milhões de euros (R$ 6,4 milhões a mais) que o Joan Laporta, presidente anterior, revelou ao fechar a transferência.

Divulgação
Apresentado como estrela, Villa pouco fez no Barça e foi negociado com o Atlético de Madrid no ano passado

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade