Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Kleina duvida de entrega e crê em grandes nas quartas, mas elogia Ituano

William Correia São Paulo (SP)

Gilson Kleina duvida que o São Paulo planeje perder do Ituano só para dificultar a classificação do Corinthians e até acredita que o adversário do Parque São Jorge estará ao lado dos outros três grandes clubes do Estado nas quartas de final do Campeonato Paulista. Mas avisa: o Ituano não é um time que pode ser facilmente batido.

“Acredito que vão chegar todos os grandes na fase aguda. Mas preciso fazer uma menção porque foi contra o Ituano um dos nossos jogos mais difíceis. O Prass fez duas grandes defesas, eles têm um contra-ataque muito rápido e uma equipe muito bem trabalhada pelo Doriva. Que não pensem que é jogo fácil. Se o Ituano conseguir a classificação, é por mérito”, avisou o técnico.

O Palmeiras precisou da intervenção de seu goleiro para vencer o clube de Itu por 1 a 0 no Pacaembu, com Alan Kardec balançando as redes no fim do jogo. Neste domingo, o Ituano, segundo colocado do grupo B com dois pontos de vantagem sobre o Corinthians, joga no Morumbi, provavelmente, diante de reservas do São Paulo.

“Quando um clube coloca uma equipe alternativa e administra suas situações, é porque já atingiu o seu objetivo e tem todo o direito de descansar seus jogadores. E quem entra mostra até mais do que quem vem jogando porque é uma oportunidade única”, previu Kleina, defendendo Muricy Ramalho e o profissionalismo do rival.

“Nunca participei de uma entrega. Estou há muito tempo no futebol e nunca participei de um vestiário em que alguém entrou e falou para entregar o jogo, nunca vivenciei isso. Tem muita coisa em jogo e a responsabilidade e o respeito está dentro do profissional de futebol”, apostou.

O treinador do Verdão só não quis se estender demais sobre assuntos envolvendo outros times, mesmo quando questionado se seria melhor ter o Corinthians eliminado já na primeira fase. “Não tem como eu opinar. Já tenho problemas aqui”, desconversou, sorrindo.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Treinador do Palmeiras ressalta profissionalismo do São Paulo, mas alerta para força do Ituano

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade