Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Kleina mantém mistério, mas avisa: "Não estou inventando a pólvora"

William Correia São Paulo (SP)

O único treino tático do Palmeiras para enfrentar o Bragantino durou cerca de uma hora e meia, mas não pôde ser acompanhado pela imprensa. Gilson Kleina explicou que sua rara decisão de fechar treinamentos exatamente antes do jogo único das quartas de final não é para trazer grandes inovações. Mesmo assim, se recusou a dar dicas da escalação.

“Se fechei o treino, não tem como passar, estarei dando armas”, sorriu o técnico, que chegou a sugerir a manchete “Kleina faz mistério” aos jornalistas. “Mas ninguém está querendo inventar a pólvora nem fazer aventura”, garantiu, sorrindo depois do trabalho secreto na manhã desta quarta-feira.

Quando os portões da Academia de Futebol foram abertos, poucos jogadores estavam no gramado. Bruno César, Wesley, Mendieta e Lúcio praticavam cobranças de falta enquanto Marcelo Oliveira, Tiago Alves, Wendel e Valdivia batiam pênaltis – mais tarde, o chileno foi realizar trabalhos físicos nas dependências internas do centro dde treinamento.

Kleina não comandou rachão e explicou que, no período sem acesso dos jornalistas, não só trabalhou variações na escalação, mas também o posicionamento nas bolas paradas defensivas e ofensivas, inclusive praticando jogadas ensaiadas. Mas ressaltou que nada inovador deve aparecer.

“Às vezes não acontece nada e vão falar que fechei o jogo também”, brincou o treinador. “A fase final é decisiva e importante, em um jogo só. Fiz o treino fechado por privacidade, para praticar as situações necessárias. Se as coisas não funcionarem no jogo como pensamos, precisamos de outras situações e elas precisam estar bem definidas”, argumentou.

Em meio às dúvidas, a possível escalação do Palmeiras deve ter: Fernando Prass; Wendel, Lúcio, Tiago Alves e Juninho; Marcelo Oliveira, Wesley e Valdivia; Bruno César (Patrick Vieira), Leandro e Alan Kardec.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Técnico até sugeriu a manchete "Kleina faz mistério" e gargalhou quando tentaram descobrir a escalação do Palmeiras

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade