Futebol/Campeonato Goiano - ( - Atualizado )

Martelotte elogia profissionalismo dos "meninos" e mira a Anapolina

Goiânia (GO)

O empate sem gols com o Anápolis, nesta quarta-feira, no estádio Jonas Duarte, foi muito comemorado pelo técnico do Atlético-GO, Marcelo Martelotte, que usou oito jogadores reservas – o time se preocupa com as finais do Campeonato Goiano, marcadas para este sábado.

“O mais importante foi mostrar profissionalismo. Seria simples jogar um amistoso, mas encaramos o jogo com muita responsabilidade. Fiquei satisfeito com a luta que esses meninos mostraram dentro de campo”, elogiou o treinador.

Mas, agora, a equipe rubro-negra terá que reverter as vantagens da Anapolina, líder do Grupo B do Estadual. Os adversários, por terem feito melhor campanha na primeira fase, farão a volta em casa e ainda poderão empatar as duas mãos para se classificar.

“A Anapolina tem uma vantagem importante, mas não há favorito. Precisamos reverter isso fazendo uma boa partida e conquistando a vitória. Vai depender muito do que fizermos nos jogos. Precisamos ser competentes, principalmente dentro de casa”, receitou.

Dragão e Anapolina medirão forças neste sábado, às 16 horas (de Brasília), no Serra Dourada, e voltarão a se enfrentar no próximo dia 30, desta vez no Jonas Duarte, no interior do estado. Goiás e Goianésia estão do outro lado da chave dos mata-matas.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade