Futebol/Campeonato Mineiro - ( - Atualizado )

Moacir Júnior espera mudança de atitude do América-MG contra Galo

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

O América-MG precisa fazer quatro gols no domingo e não sofrer nenhum para passar à final do Campeonato Mineiro. O técnico Moacir Júnior passou a semana recuperando o astral dos jogadores e trabalhando alternativas em campo para o segundo confronto semifinal com o Atlético-MG, às 18h30, no Independência.

“Sofremos a baixa do Willians (terceiro cartão amarelo) e testamos várias situações, algumas variações, mas sem fugir muito daquela formação que vem jogando ao longo do Campeonato Mineiro. O América-MG não vai ter nenhuma grande novidade para o jogo. Esperamos, sim, que a equipe tenha uma grande atitude em relação ao último domingo. E que possamos estar mais inspirados a fazer um jogo melhor do que fizemos no domingo”, declarou.

Na avaliação do comandante americano, a marcação é fundamental para o bom desempenho da equipe ante o Galo. O treinador quer o time em outra rotação, como resultado de um trabalho que vem desenvolvendo desde que chegou ao clube.

“Temos que trabalhar mais a marcação. Tenho batido muito pesado nisso. Quando você pega um adversário do quilate do Atlético-MG, tem que marcar mais forte e consequentemente ser mais intenso na transição. Na finalização, precisamos de uma dose de concentração maior. Esses grandes jogos, contra grandes adversários, o atleta tem que ter um algo mais colocado em suas ações”, afirmou.

Por fim, Moacir Júnior sabe que conseguir a classificação é difícil, mas quer o Coelho mostrando uma atitude diferente da partida de ida. “Espero que os jogadores que colocarmos em campo no domingo tenham uma atitude boa, sabendo que o grau de dificuldade será o mesmo. No futebol, ninguém espera refresco. E nós também vamos colocar um pouco mais de intensidade no jogo”, declarou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade