Futebol/Campeonato Paulista - ( )

Muricy fala pouco sobre a fase de Jadson: “A troca fez bem para ele”

Helder Júnior São Paulo (SP)

Crítico do condicionamento físico de Jadson no início do ano, Muricy Ramalho continua sem se empolgar muito ao falar sobre o meio-campista que deixou o São Paulo para defender o Corinthians. O técnico usou poucas palavras para comentar o bom momento que o seu ex-comandado atravessa no clube rival.

“A troca fez bem para ele”, resumiu Muricy, que deu aval para a diretoria do São Paulo ceder o jogador do Corinthians na negociação que trouxe o atacante Alexandre Pato ao Morumbi.

A partir da troca, Jadson conquistou a torcida do Corinthians com boas atuações como camisa 10. O meia fez dois gols na vitória por 4 a 0 sobre o Linense na mesma noite de quarta-feira em que o São Paulo derrotou o Grêmio Osasco Audax por esse placar, no Morumbi.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Muricy não se empolga para analisar o grande momento que o ex-são-paulino Jadson vivencia
Muricy não poderá acompanhar de perto a evolução de Jadson no domingo, no Pacaembu. O Corinthians respeitará o acordo de cavalheiros com o São Paulo e não pagará a multa contratual para utilizar o jogador no clássico.

“Devemos respeitar o que está escrito. No Brasil, temos a mania de criticar quando existe algum desrespeito. Então, o acerto entre os clubes tem que ser cumprido”, comentou Muricy Ramalho, isentando-se de responsabilidade no desfalque do Corinthians. “Os técnicos não são nem consultados em relação a isso. Se quiserem mudar, proíbam esse tipo de negócio, sei lá. Infelizmente, está escrito na lei, e é assim.”

Ao contrário de Jadson, Alexandre Pato ainda não teve a oportunidade de provar que “a troca fez bem”. O atacante está impedido de atuar pelo São Paulo no Campeonato Paulista, torneio em que já defendeu o Corinthians. 

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade