Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Muricy não diz time de domingo, mas o de quarta terá Pato titular

Tossiro Neto São Paulo (SP)

Será no sábado à tarde, no último treino, que Muricy Ramalho posicionará em campo os 11 jogadores que iniciarão o duelo contra o Corinthians, no dia seguinte. O treinador do São Paulo prefere não revelar sua escalação para o clássico no Pacaembu, mas não vê problema em antecipar que a estreia de Alexandre Pato, na próxima quarta-feira, será como titular.

"O cara está treinando aí há um mês e não vai jogar? Vai jogar (só) 15 minutos? Tenho que arrumar um lugar para ele. Isso é bom senso. Não sou do tipo de técnico que quer aparecer em cima de jogador, então tenho que achar um lugar para ele", antecipou o comandante, a menos de uma semana da partida contra o CSA, em Maceió, pela abertura da Copa do Brasil.

Pato começou a treinar no São Paulo em 11 de fevereiro, nove dias depois de sua última partida pelo Corinthians. Desde então, a equipe disputou cinco jogos no Campeonato Paulista, competição na qual ele não pode mais atuar por já ter excedido, com a camisa do rival, o limite de jogos para poder defender outra equipe. Apenas treinar enquanto os companheiros jogam é cansativo, reconhece Muricy.

"Ele está cansado de treinamento, até fisicamente. Nesta semana, foi muito exigido. Ontem (quinta-feira), ele jogou só metade do tempo do jogo-treino. É muito chato treinar. Às vezes, treina de manhã e de tarde, separado com o preparador físico. Treinamento é necessário, mas muito chato. Eu sei o que ele está sentindo", falou o treinador, depois do penúltimo trabalho antes do clássico de domingo.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Treinador esconde escalação que usará no Majestoso, mas garante que usará Pato o quanto antes
Clássico no qual ele terá o retorno do lateral esquerdo Álvaro Pereira, que não foi a campo na quarta-feira porque estava a serviço da seleção uruguaia. Por outro lado, o atacante colombiano Dorlan Pabon não treinou nesta sexta, em virtude de um desconforto no músculo adutor da coxa direita, e depende de recuperação para seguir na equipe.

"Nós ainda estamos recuperando o time, porque o jogo de quarta-feira (vitória por 4 a 0 sobre o Audax, no Morumbi) foi muito desgastante, tivemos que pressionar muito a saída de bola do adversário. Estamos recuperando os jogadores, então ainda não dá para cravar um time", falou Muricy, como justificativa para não revelar a escalação do fim de semana.

Em regime de concentração a partir da noite desta sexta-feira, o elenco encerra a preparação no sábado à tarde. Já classificado para as quartas de final da competição estadual de forma antecipada, o São Paulo enfrentará o Corinthians a partir de 16 horas (de Brasília) de domingo, tentando encerrar um jejum de 12 clássicos seguidos sem vencer.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade