Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Muricy não se engana sobre queda: "Faltou muito mais futebol"

Tossiro Neto São Paulo (SP)

Muricy Ramalho foi sereno na entrevista concedida minutos depois da eliminação para o Penapolense, nesta quarta-feira. O treinador do São Paulo aparentemente absorveu bem a queda nas quartas de final, reconhecendo a fraca atuação de sua equipe, a qual culminou com derrota por 5 a 4 nos pênaltis, após empate em branco nos 90 minutos.

"Sou realista, né? Sou um cara que digo a verdade. Venho aqui enganar as pessoas? A gente não fez um bom campeonato. Temos nossas desculpas, de que estamos em formação, trazendo jogadores, mas não fizemos campeonato para brigar pelo título", respondeu, ao ser questionado se seu sentimento era de conformismo.

"A gente não jogou bem. O jogo não foi bom, em termos de criação. Pouca chance de gol, muito truncado. Era obrigação nossa sair dessa marcação. A gente não jogou bem para ganhar, não podemos reclamar de nada. Hoje não foi nosso dia, ou nossa noite. Nem do outro time. Infelizmente, a gente aceitou a marcação, não se movimentou. Aí, é claro, só poderia dar em 0 a 0 mesmo", analisou.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Treinador não poupou seu time de uma avaliação negativa após a queda precoce na competição estadual
Na opinião do treinador, a criação são-paulina foi "apática". Mas não por culpa exclusiva de Paulo Henrique Ganso, único meia da formação com três atacantes. Segundo ele, culpa também da dupla de volantes, nesta noite formada por Wellington e Maicon, dado o desfalque de Souza, que se recupera de lesão no joelho direito. Por mais de uma vez, o ex-gremista foi citado como ausência importante na partida.

"Não faltou tranquilidade, faltou mais clareza. Faltou aproximação, criar mais. Se a gente for ver bem, quase não teve isso. Os goleiros quase não trabalharam. Foi muito pobre em oportunidade. Se a gente tivesse criado bastante e não tivesse feito gol, aí sim. Mas criamos muito pouco. O que faltou foi um pouco mais de clareza, de aproximação. Um pouco ou muito mais futebol", refletiu.

Mas a falta de um pouco - ou muito - mais de futebol, depois de mais de uma semana de treino dos titulares no CT da Barra Funda, Muricy não soube explicar. "É difícil. Tem hora que não dá para explicar. Jogamos bem contra Santos e Corinthians. Hoje (quarta-feira), não jogamos bem. Simples assim", resumiu o treinador.

Eliminado da competição estadual, o São Paulo só voltará a campo em 9 de abril, quando recebe o CSA, pela partida de volta da Copa do Brasil, no Morumbi. Com a vitória por 1 a 0 em Maceió, o time pode até empatar para avançar de fase no próximo torneio mata-mata.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade