Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Palmeiras “esquece o que vem pela frente” e foca em apenas um jogo

Yan Resende, especial para a GE.Net São Paulo (SP)

Depois de confirmarem o favoritismo nas quartas de final e avançarem no Campeonato Paulista, Santos e Palmeiras já são tratados por muitos como os finalistas da edição deste ano do Estadual. O discurso entre os jogadores do clube alviverde, no entanto, é de bastante humildade. Antes de pensar em possível confronto diante do rival, os palmeirenses preferem manter o foco no duelo contra o Ituano.

Ciente da possibilidade de uma zebra neste domingo, contra o Ituano, no Estádio do Pacaembu, Fernando Prass manteve a cautela ao falar sobre a sequência do Verdão neste Campeonato Paulista. O goleiro descarta o pensamento que faltam três jogos para o título estadual, já que é necessário pensar no próximo duelo para que realmente ainda exista mais dois compromissos.

“Temos muita consciência de que faltam três jogos para o título, mas, para nós, falta um só: o jogo de domingo. Temos que esquecer o que vem pela frente, pois, se não fizermos a nossa parte no domingo, não teremos mais nada depois”, alertou o experiente goleiro do Palmeiras, que mal teve tempo de comemorar a classificação contra o Bragantino nesta quinta-feira.

Fernando Dantas/Gazeta Press
O Palmeiras tenta conter a euforia para pensar apenas no confronto diante do Ituano, neste domingo
Depois de derrotar a equipe de Bragança Paulista, por 2 a 0, no Pacaembu, o Palmeiras já iniciou o regime de concentração nesta sexta-feira. Sendo assim, os comandados de Gilson Kleina passarão o final de semana na Academia. A ideia é evitar qualquer tipo de euforia o duelo contra o Ituano, tratando o adversário com respeito semelhante ao que teria se tivesse um clássico pela frente.

“Temos um dia a menos para descansar e trabalhar, tanto que já estamos em regime concentração de novo. Após o jogo, dormimos em casa, mas vamos para concentração outra vez. Não dá para comemorar muito”, lamentou o goleiro do Palmeiras, lembrando que o Ituano se classificou na quarta-feira e terá mais tempo para trabalhar antes da decisão.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade