Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Para Enderson, Grêmio já tem duas alternativas de esquema tático

Do correspondente Vicente Fonseca Porto Alegre (RS)

O técnico Enderson Moreira está há pouco mais de dois meses no comando do Grêmio. Por mais que o prazo seja curto, o treinador já conseguiu dar à equipe gaúcha um padrão de jogo. E o melhor: o Tricolor já conta, na avaliação do seu técnico, com duas alternativas de esquema tático. A primeira é o 4-4-2 com três volantes, que tem iniciado os jogos; a segunda é o 4-3-3 que varia para o 4-5-1, com Dudu no lugar de algum dos centromédios, o que dá mais agressividade à equipe.

“Temos duas formas de jogar, dois encaixes bons. Mesmo com três volantes nós criamos oportunidades. Observo muito a característica dos jogadores nos treinamentos. O Ramiro tem uma ótima leitura de jogo, muitos gols nascem dele. O Riveros é um meia e volante que chega na área com muita qualidade. É a minha função observar essas coisas”, destacou o treinador, após a vitória por 3 a 1 sobre o Passo Fundo, neste domingo.

Enderson também deu a entender que não montará qualquer tipo de esquema especial para a partida contra o Newell’s Old Boys, nesta quinta, pela Libertadores, na Arena. O técnico demonstrou preocupação com o adversário que, segundo ele, joga até melhor fora de casa que no temível Coloso del Parque, em Rosário.

“Claro que alguns jogadores se destacam pela técnica, mas temos que nos preocupar é com o time do Newell’s. Temos uma marcação já definida, e vamos analisar algumas coisas essa semana, mas não vamos criar nenhuma situação específica. É um time que sabe como jogar, mas tenho certeza que vamos fazer um grande jogo”, projetou o comandante gremista.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade