Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Para uruguaio do São Paulo, jejum em clássico "motiva ainda mais"

São Paulo (SP)

Ao contrário do que acredita Muricy Ramalho, alguns jogadores do São Paulo, assim como a torcida, dão, sim, importância à falta de vitórias da equipe em clássicos. Já são 12 seguidos sem vencer. Um jejum que, espera o lateral esquerdo Álvaro Pereira, pode acabar neste domingo, no duelo contra o Corinthians.

"Isso nos motiva ainda mais, porque queremos acabar com isso. Temos encarado as partidas como finais, e essa será a mentalidade no domingo. Nosso time percebeu que o espírito tem que ser esse e, por isso, as coisas melhoraram", disse o jogador ao site do clube.

O lateral retornará à equipe depois de ter se ausentado na rodada passada do Campeonato Paulista por estar a serviço da seleção uruguaia. Foi dele, inclusive, o gol do empate por 1 a 1 no amistoso contra a Áustria, no meio de semana.

"O gol pela seleção me deu mais confiança, porque quero ajudar nessa crescente do time. Tudo isso tem sido fruto do trabalho no dia a dia. Manter essa sequência de vitórias é importante, porque também queremos quebrar esse jejum em clássicos. A torcida pode ter certeza de que estamos no caminho certo", falou.

Este será seu terceiro clássico com a camisa 6 tricolor. Depois de perder por 2 a 0 para o Palmeiras e empatar sem gol com o Santos, Álvaro Pereira se diz motivado.

"Enfrentar o Corinthians será especial, porque todo clássico tem isso. Nossa equipe quer mostrar que está crescendo na hora certa, porque precisamos chegar bem no mata-mata. Vamos tentar manter nossa sequência de vitórias e acabar com esse jejum", reforçou, confiante.

Classificado de forma antecipada às quartas de final da competição estadual, o São Paulo visita o Corinthians às 18h30 (de Brasília) deste domingo, no Pacaembu. O rival precisa da vitória para continuar alimentando esperanças de conquistar vaga em seu grupo.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade