Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Penapolense cai para XV de Piracicaba e adia classificação

Penápolis (SP)

Com chance de garantir a classificação para a segunda fase de forma antecipada, o Penapolense recebeu o XV de Piracicaba, que luta contra o rebaixamento. Melhor para os visitantes, que venceram por 2 a 0 e se afastaram da degola. Jonathan Cafu, aos 12 minutos do segundo tempo, anotou o primeiro gol da partida e Gilsinho, aos 25, confirmou o triunfo do XV de Piracicaba.

Com a derrota, o Penapolense perdeu a chance de se classificar de forma antecipada para a segunda fase. Ainda assim, com 18 pontos, sete a mais que o terceiro colocado, a equipe precisa de mais um triunfo em três jogos para avançar no Grupo A. Uma das vagas já é do São Paulo, que soma 21 pontos.

Já o XV de Piracicaba conseguiu pontos importantes na luta contra o descenso. A equipe de Pìracicaba soma 14 pontos e é a quinta colocada do Grupo B, liderado pelo Botafogo-SP. São quatro pontos de vantagem para o Linense, primeiro time dentro da zona da degola.

Na próxima rodada, a 13ª, o clube de Penápolis viaja até Osasco, onde encara o Audax-SP. O Nhô Quim, por sua vez, recebe o Linense, em confronto direto contra o rebaixamento no Barão de Serra Negra.

O jogo - O duelo começou morno no interior de São Paulo, mas foram os visitantes que assustaram primeiro. Aos 19 minutos, Jonathan Cafu recebeu na grande área e tocou na saída do goleiro. A bola saiu por muito pouco, à esquerda do gol do Penapolense.

A resposta foi quase imediata. Dois minutos após levar um grande susto, os anfitriões trataram de ameaçar. Neto aproveitou rebote de Mateus e soltou a bomba de fora da área. O goleiro se recuperou e fez grande defesa.

No final da primeira etapa, o time da casa voltou a apertar. Aos 44 minutos, Guaru bateu falta no travessão. No rebote, Petros bateu em cima da zaga.

Se os donos da casa eram melhores no fim do primeiro tempo, o intervalo fez bem ao Nhô Quim. Aos 12 minutos da etapa complementar, Jonathan Cafu aproveitou cruzamento e completou de cabeça para as redes, abrindo o placar.

O Penapolense ensaiou uma pressão em busca do empate e, em seu melhor momento, acertou o travessão do adversário em pancada de Guaru.

Aos 25 minutos, os visitantes aumentaram a vantagem. Gilsinho fez boa jogada individual, invadiu a área e esperou o goleiro cair para bater por cima dele e fazer o segundo, fechando a conta em Penápolis.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade