Futebol/Campeonato Carioca - ( - Atualizado )

Pendurado, Pedro Ken garante que não se poupará para semifinal

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ)

O elenco do Vasco segue em preparação para a partida de domingo, contra o Duque de Caxias, em São Januário. Os cruzmaltinos precisam vencer e torcer contra o Fluminense para poder terminar a Taça Guanabara na segunda posição e ter vantagem nas semifinais do Campeonato Carioca. No entanto, o técnico Adílson Batista tem que resolver se vai poupar os jogadores que estão pendurados com dois cartões amarelos.

No elenco cruzmaltino, ao todo cinco jogadores podem ficar fora da primeira partida das semifinais se levarem um cartão amarelo: os volantes Pedro Ken e Guiñazu, os meias Bernardo e Montoya, além do atacante Thalles. Destes, somente os volantes são titulares.

Um dos pendurados, o volante Pedro Ken afirmou que sempre vai querer entrar em campo, mas preferiu deixar a decisão sobre sua participação na partida para o técnico Adílson Batista. O cruzmaltino destacou que não vai mudar sua postura durante o confronto para evitar uma possível suspensão em decorrência de um terceiro cartão amarelo.

"A decisão é do técnico Adílson Batista. Todos os jogadores querem estar em campo e fazendo o que mais gosta que é jogar. No entanto, dentro das circunstâncias, o treinador vai decidir sobre isso. É difícil para a gente conseguir entrar em campo sem ser 100%. Vou atuar da mesma forma que faço sempre, em busca da vitória e não lembrando do fato de estar pendurado", disse.

Marcelo Sadio/vasco.com.br
Titular no Vasco, Pedro Ken garante que não irá se poupar caso entre em campo no domingo contra o Duque de Caxias

O goleiro Martín Silva foi novamente liberado para ir ao Uruguai para acompanhar a situação de sua filha recém-nascida, que passa por problemas médicos. A diretoria deixou para o jogador a decisão sobre sua volta. Assim, dificilmente o arqueiro irá encarar o Duque de Caxias.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade