Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Preocupado com físico, Oswaldo cogita poupar forças contra o Verdão

Santos (SP)

Técnico do Santos, Oswaldo de Oliveira deu a entender que se preocupa muito mais com o físico do elenco do que com a liderança geral do Campeonato Paulista, que será decidida no próximo domingo, após o clássico contra o Palmeiras, na Vila Belmiro.

“A questão física é preponderante, estou levando muito em consideração. O jogo de domingo é importante, mas não decisivo, então podemos poupar jogadores. Mesmo se perdermos para o Palmeiras, ainda vamos jogar com a Ponte Preta na quarta-feira”, disse o treinador.

Ivan Storti/Santos FC
Técnico alvinegro aponta para a preocupação física antes dos mata-matas do Estadual
No treinamento tático desta quinta, no CT Rei Pelé, o comandante separou dois times. O zagueiro Jubal, o lateral-direito Cicinho, o meia Cícero e o atacante Leandro Damião trabalharam na equipe supostamente reserva – recuperando-se de contusão no joelho, o volante Arouca ficou de fora.

“Não adianta medir forças sabendo que não vai decidir o campeonato. Chegamos aqui nessa situação. Poderia ser melhor se tivéssemos vencido o último jogo (empate com o Rio Claro, fora de casa). Mas ter essa vantagem implica em um esforço grande”, explicou Oswaldo de Oliveira.

Por enquanto, a única certeza é a presença do centroavante Leandro Damião, totalmente recuperado de lesão no tornozelo. “O Damião está normal, tranquilo. Treinou bem e vai para o jogo”, confirmou, só se preocupando com a situação de Arouca.

Peixe e Verdão duelarão pela ponta do Estadual, que garantirá a vantagem de mandante nos mata-matas. Porém, a tabela de classificação continuará valendo até a decisão, permitindo viradas. Atualmente, dois pontos separam alviverdes de alvinegros.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade