Futebol/Campeonato Catarinense - ( - Atualizado )

Presidente da Chape dispara contra absolvição de jogadores do Avaí

Chapecó (SC)

Presidente da Chapecoense, Sandro Pallaoro não poupou críticas aos efeitos suspensivos dados a Marquinhos e Eduardo Costa, do Avaí, primeiro adversário no Hexagonal do Rebaixamento do Campeonato Catarinense. Para ele, há uma diferença de tratamento na Justiça Desportiva.

“Estou indignado, é mais um episódio triste que acontece no Estadual, em que a Justiça pune e o efeito suspensivo absolve. A gente lamenta ver isso no futebol. Temos que nos manifestar, o futebol tem que mudar em algumas coisas”, disparou o mandatário.

O volante Eduardo Costa e o meia Marquinhos haviam sido suspensos por conta dos incidentes do clássico entre Leão da Ilha e Figueirense, mas acabaram sendo liberados para atuar no jogo desta quinta-feira, às 19h30 (de Brasília), na Ressacada.

Após decepcionarem na primeira fase, Avaí e Chapecoense lutarão para se manter na elite estadual, juntamente com Atlético Ibirama, Brusque, Juventus e Marcílio Dias. Dois destes times serão degolados para a segunda divisão de 2015.

O elenco da Chape voltou a treinar na manhã desta segunda, no campo da Aurora. O técnico Gilmar dal Pozzo comandou uma atividade técnica e tática por cerca de duas horas, tempo em que a finalização e as jogadas ensaiadas foram os focos do treinador.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade