Futebol/Copa do Brasil - ( )

Queda fará Pato ser mais bem testado no dia a dia são-paulino

Tossiro Neto São Paulo (SP)

O final antecipado da campanha do São Paulo no Campeonato Paulista, com a eliminação nas quartas de final para o Penapolense, tem seu lado bom para um jogador do elenco. Alexandre Pato, que vinha treinando sem poder atuar na competição, agora será mais bem integrado no dia a dia do elenco pela comissão técnica.

Contratado há um mês e meio, em troca que levou o meia Jadson para o Corinthians, o atacante estava impossibilitado de entrar em campo pela competição estadual pelo fato de, com a camisa de seu clube anterior, ter excedido limite de jogos permitido para defender outra equipe. Assim, fez uma só partida, na estreia da Copa do Brasil, contra o CSA, e vinha apenas treinando.

"Ele está sofrendo demais", sorriu o técnico Muricy Ramalho, após a derrota nos pênaltis para o Penapolense. "A gente vê todos os dias que ele chega cedo, treina pra caramba. Ele tem que treinar mais do que os outros. É a pior coisa do mundo. Mas ele é um jogador diferenciado, com qualidade acima da média, e está treinando muito bem", elogiou.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Atacante será melhor encaixado nos treinamentos comandados pelo técnico Muricy Ramalho a partir de agora
Embora esteja treinando bem, Pato muitas vezes não treina com o grupo principal, já que não pode atuar. Há situações em que ele não treina nem mesmo com o grupo considerado reserva. Como ocorreu nos dias que antecederam a partida contra o Botafogo, pela última rodada da primeira fase. Muricy poupou o que tinha de melhor e ensaiou apenas com suplentes o time que escalaria.

"O grande problema é que a gente nunca pode pôr em prática as ideias que tem para ele, porque a gente tinha que treinar o time para o Paulista. Outro dia, treinamos dois times. Um que ia jogar hoje (quarta-feira, contra o Penapolense) e outro que ia a Ribeirão Preto. Ele teve que ficar fora dos dois, porque não podia jogar. Temos ideias, mas precisamos pôr em prática. Agora vamos juntar todos", explicou o treinador.

Além da boa atuação em Maceió, na vitória sobre o CSA, Pato tem recebido elogios no São Paulo pelo bom comportamento e pela aplicação diária no CT da Barra Funda. Antes da partida de volta contra o time alagoano, marcada para 9 de abril, no Morumbi, não tem sido diferente.

"Ele caiu muito bem no elenco. É diferenciado como jogador e como pessoa também. Muito agradável, educado e responsável. É isso que a gente percebe. Não é à toa que chegou à Europa e jogou em grande clube. Vai nos ajudar, e muito. Porque conhece, é diferente. Não é jogador comum", aposta Muricy, louco para testar de vez o reforço vindo do Corinthians.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade