Futebol/Copa do Brasil - ( - Atualizado )

Renato Augusto ganha a vaga de Bruno Henrique em coletivo corintiano

Helder Júnior São Paulo (SP)

Mano Menezes finalmente colocará em prática o que já planejava há algum tempo para a formação do Corinthians. No treinamento coletivo da tarde desta terça-feira, véspera do jogo contra o Bahia de Feira, o técnico promoveu a entrada do meia Renato Augusto no lugar do volante Bruno Henrique no time titular.

A alteração só não havia sido feita anteriormente porque Mano adota extrema cautela com Renato Augusto, em função da fragilidade física do atleta. Agora, o Corinthians deixa de ter três volantes no meio-campo, o que fará Guilherme atuar mais recuado e tirará um pouco do peso da armação de jogadas das costas de Jadson.

“O Renato já tem condições de iniciar uma partida e jogar mais do que 45 minutos. A entrada dele pode deixar a equipe um pouco mais equilibrada, como gosto. Mas definiremos o time oficialmente amanhã (quarta-feira)”, postergou Mano, vendo mistério onde já não existia.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
As condições físicas de Renato Augusto finalmente começam a inspirar confiança em Mano Menezes
Durante o coletivo, o técnico berrou bastante para orientar o time que foi eliminado do Campeonato Paulista com o empate sem gols com o Penapolense, no domingo. Depois, conversou isoladamente com Jadson e Guilherme.

Passado o treinamento sério, os jogadores do Corinthians disputaram um rachão no CT Joaquim Grava, com direito a muitas brincadeiras e gargalhadas. Contra o Bahia de Feira, às 22 horas (de Brasília) desta quarta-feira, os encarregados de estender o bom humor aos torcedores serão os seguintes: Cássio; Fagner, Cleber, Gil e Fábio Santos; Ralf, Guilherme, Renato Augusto e Jadson; Romarinho e Luciano.

Baixa
Desfalque do Corinthians diante do Penapolense, por reclamar de dores musculares na coxa direita, o atacante Emerson não enfrentará também o Bahia de Feira. O Sheik realizava tratamento enquanto os seus companheiros corriam no gramado, nesta tarde.

“O Emerson ainda faz parte dos planos. Só penso o contrário quando o jogador não está mais no grupo. Ele não vai viajar conosco porque ainda não se recuperou da lesão da semana passada”, simplificou Mano Menezes, evitando alimentar as especulações sobre a saída do Sheik do Corinthians.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade