Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Sanchez admite ser pré-candidato a deputado federal pelo PT

São Paulo (SP)

Ex-presidente do Corinthians e atualmente encarregado de gerenciar a construção do estádio do clube em Itaquera, na Zona Leste de São Paulo, Andrés Sanchez deverá ser candidato a deputado federal pelo Partido dos Trabalhadores (PT) neste ano. Ele confirmou a sua intenção durante participação no programa Mesa Redonda, da TV Gazeta.

“Está quase resolvido. Sou um forte pré-candidato, como dizem. Muita gente da Zona Leste e até o partido me pedem isso há bastante tempo”, afirmou Sanchez, que antes negava intenção de se engajar na política. “Agora, estou repensando porque precisam de gente nova. Eles me convenceram de que é uma coisa nova, de que tenho muito a aprender.”

O dirigente esportivo já imaginou até a sua linha como parlamentar, caso seja eleito. Ele pretende adotar uma postura diferente daquela do deputado federal Romário, por exemplo, ferrenho crítico dos gastos com a Copa do Mundo. “Se fosse para mexer só com futebol, eu ficaria no Corinthians”, rebateu, sem criticar o ex-jogador.

Reprodução
Andrés Sanchez confirmou ao programa Mesa Redonda que é pré-candidato a deputado federal
Agora de olho na carreira política, Sanchez não pensa em retornar à presidência do Corinthians. Ao menos por enquanto. “Dizer que não volto é muito forte, mas me esforço para não voltar. Não direi que dessa água não beberei. O Corinthians é uma paixão, está no meu sangue”, definiu.

Para o ex-presidente, os anseios de alternância de poder no Parque São Jorge o afastam do cargo que ocupou antes de Mário Gobbi, o atual presidente. “Querem isso aí, então vamos alternando. Existe muita hipocrisia”, concluiu Andrés Sanchez.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade