Futebol/Campeonato Carioca - ( - Atualizado )

Sem Fred, Fluminense goleia Friburguense e segue na cola do Fla

Gazeta Press Rio de Janeiro (SP)

Mesmo sem contar com o artilheiro Fred,servindo à Seleção Brasileira, o Fluminense goleou o Friburguense, por 5 a 1, em partida disputada na noite desta quarta-feira, no Maracanã. O resultado deixou bem encaminhada a classificação do Tricolor das Laranjeiras para as semifinais do Campeonato Carioca. Agora, o Fluminense soma 26 pontos e ocupa a segunda posição. O Friburguense segue na nona colocação, com 15 pontos ganhos.

O jogo agradou ao pequeno público que compareceu ao estádio, pela grande movimentação. O Fluminense começou arrasador e abriu três gols de vantagem, logo no início da partida,mas o Friburguense marcou, ainda no primeiro tempo, e tornou empolgante a etapa final, já que as duas equipes criaram muitas chances para marcar. O Tricolor das Laranjeiras mostrou mais objetividade e conseguiu assegurar o resultado positivo.

Na próxima rodada, o Fluminense enfrentará o Duque de Caxias, no Raulino de Oliveira. O Friburguense terá a Cabofriense, pela frente, no Eduardo Guinle.

O jogo - Com Walter na vaga de Fred, o Fluminense começou a partida no ataque, empurrando o Friburguense para a defesa. E aos três minutos, Walter investiu pela direita, se livrou da marcação e cruzou para a entrada de Biro Biro que concluiu errado e desperdiçou a primeira boa chance. Aos cinco foi a vez do lateral-esquerdo Ailton cruzar fechado e causar dificuldades para a defesa da equipe serrana, mas a bola acabou desviada para escanteio.

O time dirigido por Renato Gaúcho seguia comandando as ações e aos oito minutos, Walter cabeceou cruzamento executado por Bruno, mas a bola encobriu o gol defendido por Afonso. A equipe do Friburguense mantinha quase toda a equipe no próprio campo e apenas o atacante Rômulo tentava prender a atenção dos zagueiros adversários. A time de Nova Friburgo só chegou, com relativo perigo, à área tricolor aos 12 minutos, em cruzamento de Flavinho que foi interceptado pelo goleiro Diego Cavalieri.

O Fluminense marcou o primeiro gol, aos 12 minutos. Rafael Sobis investiu pela intermediária e arriscou. O goleiro Afonso deu rebote, Biro Biro tentou, mas o goleiro salvou, mas a bola se ofereceu para Walter bater, de primeira, e colocar no fundo das redes.

Nelson Perez/Fluminense FC
O Fluminense não sentiu falta de seu número nove e marcou logo cinco gols sobre o Friburguense
Depois de estabelecer a vantagem, o Tricolor das Laranjeiras passou a tocar a bola com mais tranquilidade, mas sem dar qualquer chance de organização para a equipe do Friburguense. Aos 19 minutos, após lançamento pelo alto, Walter escorou,de peito, para a conclusão de Sobis, mas o goleiro Afonso fez a defesa.

O Fluminense marcou o segundo gol, aos 20 minutos. Ailton fez boa jogada pela esquerda e cruzou para Sobis que rolou para o meio. Walter acertou a trave e, na volta, a bola bateu no joelho de Conca e entrou.

A parada técnica não mudou o panorama da partida. E o Fluminense acabou marcando o terceiro gol, aos 24 minutos, em golaço de Bruno. O lateral-direito recebeu na intermediária, se livrou de três marcadores, entrou na área e chutou no canto direito de Afonso.

Só aos 30 minutos,depois de sofrer o terceiro gol, é que o Friburguense voltou a incomodar, . Após cobrança de escanteio, Lucas cruzou e o zagueiro Sérgio Gomes cabeceou para defesa difícil de Diego Cavalieri. A equipe dirigida por Renato Gaúcho apenas administrava a vantagem, mas quase marca o quarto gol, aos 35 minutos,em bomba de Walter, bem defendida por Afonso.

Nos minutos finais do primeiro tempo, o Friburguense subiu de produção e chegou a criar boas chances para marcar o primeiro gol. Na melhor delas, aos 41 minutos, Rômulo deu uma caneta em Elivélton e chutou rasteiro, mas o goleiro Diego Cavalieri conseguiu evitar que a bola entrasse. Aos 45, os esforços da equipe visitante foram recompensados. Rômulo recebeu do lado esquerdo e encobriu o goleiro Diego Cavalieri, anotando o primeiro gol da sua equipe.

O Fluminense voltou para o segundo tempo com o atacante Marcos Júnior no lugar de Rafael Sobis. E na primeira intervenção, no primeiro minuto,o novo atacante acertou o travessão de Afonso. No lance seguinte, Biro Biro foi lançado na área, foi bloqueado, e a bola acabou sobrando para Walter que chutou forte para boa defesa de Afonso.

Nelson Perez/Fluminense FC
Wagner, camisa 10 da equipe, deixou sua marca e ajudou o Flu a construir a goleada
O Tricolor dominava completamente e, aos cinco minutos, depois de um chute de Walter que foi bloqueado pela zaga, Conca pegou a sobra e também acertou o travessão. Sem outra alternativa, o Friburguense decidiu partir para o ataque e,aos sete minutos, Diego Cavalieri evitou o segundo gol, ao defender chute forte de Marcelo. Logo depois, o baixinho Conca usou a cabeça para salvar em cima da linha,quando Diego Cavalieri foi vencido pela cabeçada de Lucas.

A equipe visitante ainda criou uma boa chance aos 12 minutos, mas o chute de Rômulo foi bem defendido por Diego Cavalieri. Na cobrança do escanteio, Bidu cabeceou com grande perigo. Para tentar cadenciar a partida que estava muito rápida e trazendo problemas para sua equipe, Renato Gaúcho trocou o atacante Biro Biro, pelo meia Wagner.

Aos 22 minutos, Conca enfiou para Bruno que investiu pela direita e cruzou rasteiro, mas Wagner chegou atrasado. A resposta do Friburguense foi imediata. Jorge Luiz foi lançado na área, mas adiantou a bola e acabou bloqueado pelo goleiro tricolor.

Depois dos 30 minutos, as equipes começaram a mostrar cansaço e reduziram o ritmo, mas o Fluminense ainda ameaçou em chute longo de Wagner, aos 33 minutos. Dois minutos depois, o goleiro Afonso apareceu bem em chute cruzado de Michael.

Aos 37 minutos,o Fluminense marcou o quarto gol. Wagner arriscou, de fora da área, e a bola entrou no canto esquerdo.O Friburguense desistiu de lutar e Marcos Júnior, aos 43 minutos, fez bela jogada individual e bateu rasteiro para marcar o quinto gol e definir o resultado da partida.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade