Futebol/Copa do Brasil - ( )

Superar abatimento é desafio do São Paulo antes da Copa do Brasil

São Paulo (SP)

O elenco do São Paulo está de folga neste domingo, podendo descansar e repensar a campanha até este momento da temporada. Como a eliminação diante do Penapolense nas quartas de final do Campeonato Paulista deixou o grupo abatido, a meta agora é recuperar o lado emocional para a próxima partida do clube, que está agendada para 9 de abril, contra o CSA, pela Copa do Brasil.

Um dos principais jogadores do Tricolor, o atacante Luis Fabiano reconheceu que o pensamento do elenco é de que o trabalho todo realizado até o jogo de quarta-feira terá de ser refeito. “Perder um jogo deste tipo é voltar do zero. Temos de trazer motivação e a torcida para nosso lado de novo. Uma oportunidade já foi embora, mas temos agora o Brasileiro e a Copa do Brasil”, avaliou.

Depois da queda na noite de quarta, os são-paulinos voltaram aos trabalhos na tarde de quinta em meio a um clima de muito abatimento. Os titulares realizaram um trabalho físico leve e não esboçaram qualquer sorriso ou conversa mais animada. No dia seguinte, o treino ainda foi abalado por um desentendimento entre Maicon e Fabrício.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Muricy Ramalho acha normal time ficar triste, mas meta é recuperar ânimo para Copa do Brasil
O técnico Muricy Ramalho entende como normal o sentimento de tristeza do time, que, em vez de disputar neste domingo a semifinal do Campeonato Paulistão, só pode pensar no que fará na Copa do Brasil.

“É normal estarem de cabeça baixa mesmo, mas a vida continua. Seria estranho se estivesse todo mundo contente, alegre. Isso mostra que os caras sentiram, pois é natural do ser humano, que não gosta de perder. Seria estranho se fosse o contrário. Mas, daqui a pouco, vão esquecer. A vida é assim”, explicou.

No dia 9 de abril, o time quer confirmar o amplo favoritismo e comemorar pelo menos a classificação para a segunda fase da Copa do Brasil, precisando de um simples empate contra o CSA, no Morumbi, já que venceu o oponente por 1 a 0, em Maceió. Já a estreia no Campeonato Brasileiro está marcada para 20 de abril, contra o Botafogo, também no Cícero Pompeu de Toledo.

A novidade do time para os dois compromissos será o atacante Alexandre Pato, que não pôde atuar no Paulistão porque ultrapassou o limite de jogos por sua ex-equipe, o Corinthians. O atleta só atuou uma vez até agora pelo Tricolor, contra o CSA, na partida de ida da Copa do Brasil.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade