Futebol/Campeonato Baiano - ( - Atualizado )

Técnico do Bahia admite queda de rendimento após 'gol relâmpago'

Salvador (BA)

A vitória sobre a Jacuipense, neste domingo, na Fonte Nova, ainda não convenceu os torcedores do Bahia. Após o triunfo, válido pela sexta rodada do Estadual, o técnico Marquinhos Santos elogiou o ‘gol relâmpago’, mas admitiu a queda de rendimento do time depois do tento.

“No primeiro tempo, quando nosso foca era a marcação sob pressão, conseguimos marcar um gol logo no começo. Isso deixou a equipe um pouco relaxada. Aí a Jacuipense teve maior volume de jogo, aproveitou espaços no meio-campo e dominou”, justificou o treinador.

Mesmo na liderança do Grupo 3, com 11 pontos, o Bahia tem um comandante que balança no cargo. Na semana passada, por exemplo, alguns hackers invadiram o site oficial do clube e pediram sua saída, com a campanha “#ForaMarquinhos”.

Já sobre o zagueiro Lucas Fonseca, culpado pelo único gol adversário e expulso pouco tempo depois, Marquinhos Santos usou seu escudo. “Ele está tentando evoluir. Está demorando, mas tem minha confiança, vai crescer na hora certa”, prometeu o técnico.

A comissão técnica decidiu dar folga para todo o elenco nesta segunda-feira. O grupo voltará a trabalhar nesta terça, mas em dois períodos, para o jogo contra o Vitória da Conquista, no domingo que vem, fora de casa, pela sétima rodada. E Marquinhos Santos terá alguns reforços importantes.

Wilson Pittoni, Lincoln, Maxi Biancucchi e Rhayner, por exemplo, voltam a ficar à disposição, diferentemente de Lucas Fonseca, suspenso. O time baiano precisa de pelo menos mais um empate nas duas últimas rodadas para se classificar para a próxima fase.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade