Futebol/Mercado - ( )

Técnico Hiddink confirma volta à seleção holandesa após o Mundial

Amsterdã (Holanda)

Guus Hiddink voltará a comandar a seleção da Holanda após a Copa do Mundo deste ano. Durante entrevista à televisão local NOS, o técnico confirmou que será o substituto de Louis van Gaal, que já havia acordado a sua saída, depois do Mundial do Brasil.

E o retorno de Hiddink, que também tem Real Madrid e Chelsea no currículo, não deverá ser a única novidade da Real Associação de Futebol dos Países Baixos (KNVB): os ex-jogadores van Nistelrooy e van Bronckhrost estão cotados para compor a comissão técnica.

“Estamos trabalhando nisso. A maioria dos nomes está correta, não tenho nada a esconder”, disse o treinador. “Eles vão fazer muita coisa”, acrescentou. E Hiddink afirmou que não irá inovar tudo na Laranja Mecânica, já que van Gaal vem fazendo um bom trabalho à frente do time.

“Há um grande processo que vem sendo utilizado. A Copa do Mundo é importante para o desenvolvimento dos jovens. A Holanda é conhecida por jogar bonito. Mas é sempre bom acrescentar”, ponderou Hiddink, desempregado desde o ano passado.

AFP
Guus Hiddink voltará a ser técnico da Holanda após Copa do Mundo no Brasil (foto: Patrick Stollarz)
Em 2013, Guus Hiddink treinou o russo Anzhi Makhachkala. Mas as suas maiores glórias foram no PSV, no Real e no Chelsea, onde conquistou uma Copa da Holanda, uma Copa da Inglaterra, seis Campeonatos Holandeses, uma Liga dos Campeões da Europa e um Mundial de Clubes.

A expectativa é a de que haja uma renovação da equipe para a disputa da Eurocopa de 2016, na França. Na Euro-1996, na Inglaterra, Hiddink levou o País até as quartas de final, perdendo para os franceses nas cobranças de pênaltis

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade