Futebol/Copa do Mundo - ( - Atualizado )

Treinador da Croácia admite Suíça melhor, mas espera vitória em amistoso

St. Gallen (Suíça)

Apesar dos desfalques da Croácia, a expectativa é grande para o amistoso entre a seleção dos Bálcãs e a Suíça, que será realizada nesta quarta-feira. Na véspera do primeiro compromisso do ano, o técnico Niko Kovac admite a superioridade técnica do adversário, mas ainda assim acredita em uma vitória.

“Espero que seja um resultado positivo, que elevaria ainda mais a confiança dos jogadores. Será um jogo duro, difícil contra um adversário de qualidade”, elogia em entrevista à TV croata RTL. “A Suíça atualmente está entre as melhores seleções do ranking da Fifa e temos que ser realistas e admitir que estão à nossa frente”, reconhece o treinador croata.

AFP
Mesmo jogando a responsabilidade para o adversário, Kovac espera triunfo croata nesta quarta
Para o amistoso que será realizado nesta quarta-feira, Kovac não tem vários jogadores à disposição. Além dos lesionados Kranjcar, Ilicevic, Bubnjica e Lynch, Benko também é baixa. Além disso, a logística para treinamentos preparatórios para o duelo foi difícil, já que o treinador teve apenas dois dias para trabalhar com a equipe. E a situação deve se repetir às vésperas do mundial.

“Antes da Copa, não teremos tempo para fazer a preparação básica, por isso vou insistir para que os jogadores venham aptos e saudáveis para a sessão de treinamentos na Áustria”, afirma Kovac, lembrando o período de trabalho que terá com os selecionados dias antes da estreia contra o Brasil, na abertura do mundial, em 12 de junho.

O duelo entre Suíça e Croácia será realizado às 16h30 (de Brasília) desta quarta-feira, na AFG Arena, na cidade de St. Gallen, na Suíça. A seleção dos Bálcãs ainda tem mais dois compromissos marcados, contra Mali e Austrália, antes de disputar a Copa.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade