Futebol/Bastidores - ( )

Treino do Flu é encerrado com briga entre Wellington Silva e Diguinho

Rio de Janeiro (RJ)

Após definir os titulares que medem forças com o Friburguense, nesta quarta-feira, no Maracanã, o técnico Renato Gaúcho enfatizou um treinamento de bolas paradas, com escanteio e cobranças de falta, que foi seguido pelo tradicional “rachão”. Entretanto, o que era para ser um momento de descontração, acabou em briga.

Ao receber de costas para a marcação, o lateral Wellington Silva dominou, girou e foi derrubado por Diguinho, que tentava o desarme. Irritado com o combate do companheiro, o defensor tentou acertar o volante com um chute, mas não o acertou, por muito pouco. Marcão, auxiliar técnico de Renato e árbitro do rachão, separou a dupla e evitou o confronto.

No entanto, a participação de Marcão não foi suficiente para conter os ânimos de Wellington Silva. Rafael Sóbis e Wagner tiveram que ajudar o auxiliar a segurar o defensor. Após tomar ciência do incidente, o técnico do Fluminense, imediatamente, decretou o fim do rachão.

Quando Wellington se acalmou, o preparador físico Alexandre Mendes o chamou no gramado e o orientou, durante muito tempo. Neste ínterim, Diguinho seguiu para o vestiário, junto com seus companheiros. Até o momento, o Fluminense não sinalizou qualquer tipo de punição para os atletas.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade