Futebol/Campeonato Carioca - ( - Atualizado )

Vasco volta a reclamar de arbitragem em clássico no Carioca

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ)

O cenário, na opinião dos dirigentes do Vasco, se repetiu novamente na noite de quinta-feira, quando o time empatou por 1 a 1 com o Fluminense no primeiro jogo das semifinais do Campeonato Carioca. Na visão deles o árbitro Wagner do Nascimento Magalhães prejudicou o time cruz-maltino. O vice-presidente de futebol Ercolino de Luca reclamou de dois pênaltis não marcados a favor dos vascaínos, além da não expulsão do zagueiro Gum no segundo tempo.

No meio da semana passada a diretoria do Vasco solicitou para a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) a contratação de árbitros de fora do estado para as semifinais e finais. O fato causou grande aborrecimento, pois o presidente da entidade, Rubens Lopes, descartou essa possibilidade, o que irritou os vascaínos. Erculano entende que a situação precisa ser revista.

"Espero que no domingo o fato não volte a acontecer, pois tem sido rotina nos clássicos. Dessa vez foram pênaltis não marcados no Rodrigo e no Edmilson. O Gum, inclusive, tinha que ter sido expulso. Isso sem falar na falta de critério em alguns cartões amarelos", reclamou Erculano.

O zagueiro Rodrigo, que sofreu um dos supostos pênaltis, também protestou. "Achei que sofri pênalti sim. A reclamação pode parecer bobagem, mas são lances como esses que decidem os clássicos, sempre muito equilibrados", protestou o defensor.

Marcelo Sadio/vasco.com.br
Para Rodrigo, árbitro deixou de marcar dois pênaltis para o Vasco no jogo de ida da semifinal do Carioca

Anteriormente a esse jogo o Vasco reclamou da arbitragem no empate por 1 a 1 com o Fluminense, na fase de classificação. Na derrota de 2 a 1 para o Flamengo também ficou claro o prejuízo ao clube com um gol de falta marcado pelo meia Douglas não sendo validado porque o trio de arbitragem não conseguiu perceber que a bola tinha ultrapassado a linha do gol.

As duas equipes voltam a ser enfrentar no domingo, às 16h(de Brasília), no Maracanã, pelo segundo jogo da semifinal. Por ter feito melhor campanha na fase de classificação, o Fluminense tem a vantagem do empate para se classificar.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade