Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Verdão se recusa a tirar o pé na Vila e aceita clássico na semifinal

William Correia São Paulo (SP)

Em meio à busca pela melhor campanha da primeira fase do Campeonato Paulista, o duelo entre Palmeiras e Santos no domingo pode valer um ‘prêmio’ ao perdedor. É provável que o vencedor na Vila Belmiro, se passar pelas quartas de final, encontre na semifinal o São Paulo, que encara o Penapolense, no Morumbi, na fase anterior. Mas evitar o Choque-Rei, ainda mais com uma derrota na Baixada Santista, não está nos planos do Verdão.

“É um pouquinho complicado jogar a semifinal contra um time grande, mas não temos que pensar nisso. Estamos focados desde o início do campeonato contra A, B ou C sempre pensando em vencer. Esse grupo não pensa em perder”, disse Bruno César, escolhido para dar a primeira entrevista coletiva no clube após a vitória sobre a Ponte Preta, no sábado.

Se vencer o clássico, o Palmeiras não poderá ter sua pontuação alcançada por ninguém até a decisão. Por isso, o time vai à Vila Belmiro pensando, somente, em garantir todas as partidas decisivas nas próximas fases do Estadual no Pacaembu.

“Independentemente do adversário que pegarmos nas quartas de final, na semifinal ou na final. O foco é ser campeão e temos que passar por cima de qualquer time”, avisou Bruno César, admitindo que, no domingo, os dois favoritos ao título vão se confrontar.

“Para nós e o Santos, o campeonato até agora está sendo muito bom. Por isso, os dois clubes são os favoritos. Mas temos que respeitar Botafogo-SP, São Paulo, todas as equipes”, indicou, sem opinar nas acusações de corintianos sobre o São Paulo ter perdido de propósito do Ituano, no domingo, para eliminá-lo. “Deixo isso para São Paulo e Corinthians resolverem, meu time já está classificado”, esquivou-se.

Divulgação
Bruno César foca Santos, sem pensar em evitar clássico no futuro (Crédito da foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação)

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade