Mais Esportes/Prêmio Laureus - ( - Atualizado )

Vettel recebe prêmio Laureus de melhor esportista do ano

Kuala Lampur (Malásia)

Considerado o Oscar do Esporte, o prêmio Laureus foi dado aos melhores atletas de 2013 em cerimônia de premiação da Laureus World Sports Awards, realizada em Kuala Lampur, na Malásia, nesta quarta-feira. Com quatro representantes entre os candidatos, o Brasil não venceu em nenhuma categoria.

Tetracampeão mundial da Fórmula 1, o alemão Sebastian Vettel foi eleito o melhor esportista do ano entre os homens, enquanto quem faturou o prêmio na categoria feminina foi a nadadora norte-americana Missy Franklin, de 18 anos, que se tornou a mais jovem vencedora do prêmio.

Além de Vettel, a Alemanha também foi bem representada pelo Bayern de Munique, que ganhou o prêmio de time do ano, título rendido graças às conquistas de todos os torneios importantes no último ano. Na mesma categoria, uma das candidatas era a Seleção Brasileira de Futebol, campeã da Copa das Confederações.

Campeão da MotoGP logo em sua temporada de estreia na principal competição de motovelocidade, Marc Márquez chamou a atenção de todo mundo e faturou o prêmio de Revelação do Ano. Outro espanhol que foi lembrado pela organização foi Rafael Nadal, que venceu na categoria Retorno do Ano devido à sua excelente recuperação após a lesão no joelho que o afastou do circuito por sete meses. Embora tenha tido seu desempenho contestado no retorno às quadras, Nadal retomou a liderança do ranking e conquistou diversos títulos, entre eles o de Roland Garros e do Aberto dos Estados Unidos. A categoria ainda contava com a participação de Ronaldinho Gaúcho, pela sua importância no título da Libertadores com o Atlético-MG.

A francesa Maria Bochet foi eleita a Atleta do Ano com Deficiência principalmente por ter completado os cinco eventos em um Campeonato Mundial de Esqui. Já o Prêmio de Atleta Radical foi dado a Jamie Bestwick, do BMX, que se tornou o primeiro atleta a conquistar oito ouros consecutivos nos X-Games, jogos considerados como as Olimpíadas dos esportes radicais. Para vencer o prêmio, o britânico superou o também stakista Bob Burnquist, detentor de 25 medalhas nos X-Games, e a surfista Maya Gabeira.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade