Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Vitória encobre tristeza de Antônio Carlos com gols contra

Tossiro Neto São Paulo (SP)

Fazer dois gols contra o próprio time em um clássico contra o maior rival seria motivo para estragar o dia (ou o fim de tarde) de qualquer um. Mas Antônio Carlos, que conseguiu tal proeza neste domingo, diante do Corinthians, deixou o gramado do Pacaembu até sorridente, já que teve a pele salva por Paulo Henrique Ganso, Luis Fabiano e Rodrigo Caio, companheiros que garantiram a vitória são-paulina por 3 a 2.

"Eu fico feliz pela vitória, isso é sinal de amadurecimento da equipe. E uma hora você está sendo bem reconhecido, em outra acontecem essas coisas. Não posso abaixar a cabeça", disse o zagueiro, também artilheiro a favor - só nesta temporada, ele já anotou quatro gols, sem contar outros cinco marcados no segundo semestre ano passado.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Antônio Carlos fez dois gols contra, mas o São Paulo venceu o Corinthians por 3 a 2

Neste domingo, a sorte não estava ao seu lado. Logo aos nove minutos, ele desviou para a própria meta um arremate cruzado de Luciano da ponta esquerda. Ganso, ainda no primeiro tempo, e Luis Fabiano, no começo da segunda etapa, colocaram o São Paulo em vantagem. Mas, na sequência, a perna de Antônio Carlos ajudou Guerrero a empatar.

"Não foi nem falta de atenção, foi uma tarde infeliz mesmo, a bola bateu em mim duas vezes. É claro que você perde um pouco de confiança na partida, mas, com 30 anos, dez deles de carreira, as coisas vão fluindo", falou o jogador, que comemorou pela última vez aos 33 minutos, quando Rodrigo Caio assegurou a vantagem final no Pacaembu.

"Nunca tinha acontecido isso comigo. Fico um pouco triste, mas tenho noção de que são coisas que acontecem. Estou ali no lance tentando tirar a bola. A segunda foi até um pouco de azar, porque ela bateu e entrou. Hoje o dia foi noite", riu. "Agora é pensar no jogo de quarta-feira".

O jogo de quarta-feira não é válido pelo Campeonato Paulista, em que o São Paulo lidera seu grupo e está classificado de forma antecipada às quartas de final. Trata-se da estreia da Copa do Brasil, frente ao CSA, em Maceió, ocasião na qual o técnico Muricy Ramalho promoverá a estreia do recém-contratado Alexandre Pato.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade