Futebol/Campeonato Paulista - ( )

Wesley não vê Santos como melhor do Paulista ainda: "Agora zera tudo"

William Correia São Paulo (SP)

Ao vencer o Palmeiras no domingo, o Santos terminou a primeira fase do Campeonato Paulista com a melhor campanha, um ponto à frente do Verdão. Mas os números ainda não são suficientes para Wesley apontar o rival como principal favorito. O volante ressalta um novo tipo de torneio que começa a partir desta quarta-feira, com as quartas de final em jogo único e eliminatório.

“Eles conseguiram a maior pontuação, mas zera tudo agora. Vai muito do psicológico, vamos ver o que vai acontecer”, disse o jogador, que, como seus colegas, conta com a soma de pontos que continua nas próximas fases para, se reencontrar o Peixe nas finais, poder fazer o segundo jogo da decisão no Pacaembu, ultrapassando a pontuação maior do que os santistas.

Pensar muito à frente, contudo, é exatamente o erro que o camisa 11 quer evitar. Para continuar no Estadual, o Verdão precisa derrotar o Bragantino nesta quinta-feira, no Pacaembu, e a recomendação é de não se empolgar para evitar um frustrante final de campanha na primeira competição no ano do centenário.

“No decorrer da competição, não só o Bragantino, outros surpreenderam. O futebol é gostoso porque acontecem coisas imprevisíveis, e há algum tempo os times do interior estão vindo com força. Mas, se o campeão for alguma zebra, tomara que sejamos nós”, sorriu Wesley.

“Basta ter atenção e tranquilidade para administrar qualquer situação, todo cuidado é redobrado porque o futebol proporciona muitas coisas que não podemos nunca explicar. Temos a obrigação de correr atrás dos nossos objetivos e alcançar o título”, prosseguiu o volante.

Djalma Vassão/Gazeta Press
"Se o campeão for alguma zebra, tomara que sejamos nós”, sorriu o volante, alertando para rivais do interior

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade