Futebol/Copa da Inglaterra - ( - Atualizado )

Wigan repete zebra e elimina Manchester City da Copa da Inglaterra

Manchester (Inglaterra)

Na última temporada, o Wigan conquistou de maneira surpreendente o título da Copa da Inglaterra ao superar o Manchester City por 1 a 0 na final, no Estádio de Wembley. E, em reedição do confronto, neste domingo, os atuais campeões provaram que o resultado anterior não ocorreu por acaso e triunfaram por 2 a 1, no Etihad Stadium, garantindo vaga nas semifinais da edição deste ano da competição.

Rebaixado depois de assegurar o troféu na última temporada, o Wigan está na sétima colocação na tabela de classificação da segunda divisão. Neste domingo, o time comandado pelo treinador alemão Uwe Rosler superou a equipe mandante com gols de Jordi Gómez, aos 27 minutos do primeiro tempo, e James Perch, aos dois minutos da etapa complementar, enquanto Nasri, aos 23 minutos, descontou.

Na semifinal, o Wigan mede forças com Sheffield United, que também neste domingo venceu o Charlton Athletic por 2 a 0, com gols de Ryan Flynn e John Brayford. Do outro lado da chave, o Arsenal duela com Hull City, que triunfou por 3 a 0 diante do Sunderland, com gols de Curtis Davies, David Meyler e Matt Fryatt.

O City, por sua vez, tem novo jogo decisivo nesta quarta-feira, às 16h45 (de Brasília), quando enfrenta o Barcelona, no Camp Nou, em partida válida pela volta das oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa. No primeiro duelo, no Etihad Stadium, vitória por 2 a 0 do clube catalão.

AFP
O lateral direito James Perch marcou o gol que garantiu classificação ao Wigan
O jogo:Em 2012/2013, o Wigan assegurou o título do torneio de maneira sofrida, com gol de Watson apenas nos acréscimos do segundo tempo. A história parecia ser diferente no embate deste final de semana, já que os visitantes abriram dois gols de vantagem no placar logo no início do segundo tempo. Entretanto, o Manchester vendeu caro a eliminação, exercendo grande pressão nos minutos finais.

Escalado praticamente com força máxima, o City não teve o volante brasileiro Fernandinho, o meio-campista David Silva e o goleiro Joe Hart em sua formação inicial. O atleta nacional, que participou da goleada da Seleção por 5 a 0 sobre a África do Sul, na última quarta-feira, sequer ficou no banco de reservas e foi substituído por Javi García.

AFP
Em cobrança de pênalti, Jordi Gómez abriu o placar no Etihad Stadium
Sem nenhuma grande estrela em seu elenco, o Wigan abriu o placar ainda no primeiro tempo. Aos 27 minutos, o meio-campista espanhol Jordi Gómez deslocou o goleiro romeno Costel Pantilimon em cobrança de pênalti, arrematou no lado esquerdo e colocou os visitantes em vantagem.

Apesar de o Manchester ir para os vestiários atrás no marcador, o treinador Manuel Pellegrini não realizou nenhuma alteração na equipe para a etapa complementar. No entanto, o técnico chileno foi obrigado a repensar suas opções logo aos dois minutos, quando o lateral direito James Perch balançou as redes e deixou encaminhada a classificação do Wigan.

Aos oito minutos, Pellegrini ainda tentou mudar o ritmo e colocou David Silva, Edin Dzeko e James Milner nas vagas de Yaya Touré, Jesún Navas e Álvaro Negredo, respectivamente. As alterações surtiram efeito rapidamente o City aumentou sua presença no campo ofensivo, onde ainda tinha Sergio Aguero e Nasri. O meio-campista francês, em chute de fora da área, ainda diminuiu a desvantagem, aos 23 minutos, mas não impediu a eliminação.

AFP
Nasri descontou em arremate de fora da área, mas Wigan garantiu classificação

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade