Atletismo/Maratona de Milão - ( - Atualizado )

Caldeira corre a Maratona de Milão em busca de recorde pessoal

Milão (Itália)

O brasileiro Franck Caldeira disputa a Maratona de Milão, neste domingo, com uma meta ousada. O fundista do Clube de Atletismo BM&F Bovespa participa da prova tentando quebrar a marca de 2h10min, batendo seu recorde pessoal de 2h12min03s, obtida na mesma prova em 2012.

Parte do treinamento de Caldeira ocorreu na cidade colombiana de Paipa, situada a 2.500m de altitude. O brasileiro passou mais de um mês treinando lá antes de embarcar para Milão.

“Sem o fantasma das lesões que o atrapalharam muito em 2013, acho que ele tem tudo para cumprir a meta que fixamos e quebrar a barreira das 2h10min. A prova tem bons africanos, corredores rápidos, e isso também ajuda”, explicou seu técnico Ricardo D'Angelo.

Outros atletas brasileiros terão grandes competições pela frente nas próximas semanas. Marílson Gomes dos Santos viaja na terça-feira para a Inglaterra, onde disputa no dia 13 de abril a Maratona de Londres. A prova também contará com a presença de Paulo Roberto de Almeida Paula.

“O objetivo é correr abaixo de 2h09min. A marca pode parecer modesta para quem já correu na casa de 2h06min, mas estamos agora em período de metade do ciclo olímpico, e para um atleta de 36 para 37 anos temos de recuar algumas vezes para poder chegar ao melhor lá na frente", afirmou o técnico de Marílson, Adauto Domingues.

Já Luiz Fernando de Almeida Paula, irmão gêmeo de Paulo Roberto, está treinando em Moita, em Portugal, para a Maratona de Hamburgo, marcada para 4 de maio. Adriana Aparecida da Silva, por sua vez, está treinando em Paipa para a Maratona de Boston.

Divulgação
Franck Caldeira treinou na altitude colombiana para disputar a Maratona de Milão

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade