Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

À espera de renovação, são-paulino duvida de troco palmeirense

Tossiro Neto São Paulo (SP)

O São Paulo tem por exatamente dois meses (até 30 de junho) a garantia de que Antônio Carlos não acertará com outra equipe. A partir daí, nos seis meses restantes de vínculo, válido até o final do ano, o zagueiro poderá assinar pré-contrato com outro clube. Como, por exemplo, o Palmeiras, que acaba de perder o atacante Alan Kardec justamente para o rival.

Chamado para a entrevista desta quarta-feira, o jogador sorriu ao ser questionado se achava que o Palmeiras poderia pensar em um troco por ter perdido seu artilheiro. "Acho que não (vai), porque sabe que estou dando prioridade aqui. Isso aí é uma coisa que vai acontecer muitas vezes ainda no futebol. Pode acontecer, mais para frente, mas é uma coisa normal. Estou esperando aqui, estou feliz aqui", disse.

Aos 30 anos, o defensor diz jamais ter usado desse expediente, permitido por lei, porque sempre amarrou contratos longos, de três anos para cima - a exceção foi com o São Paulo, para o qual se transferiu na metade da temporada passada. É por isso que, feliz com a camisa tricolor, ele espera ser procurado pela diretoria para estender sua permanência após dezembro, ainda que o vice-presidente de futebol, Ataíde Gil Guerreiro, tenha dito que procura reforços para o setor.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Zagueiro Antônio Carlos poderá assinar pré-contrato com outro clube qualquer daqui a exatamente dois meses
"Esses temas de reforços são sempre assim. Sempre tem que ter novidade. A gente vê com bons olhos (essa declaração dele), porque o Brasileiro é um campeonato longo. Fica até melhor a disputa por posição. Quem está dentro não quer sair. Mas, de repente, sou eu também, porque meu contrato acaba no final do ano. Tomara que possa ser eu esse novo reforço (risos)", brincou, antes de avisar que não quer pressionar o clube.

" Estou esperando, não estou forçando nada, falei em tom de brincadeira, porque também depende de mim, do que faço dentro de campo. A gente está sempre tentando melhorar, buscando uma coisa melhor para ele e para a família. Depois, sim, pensar daqui para frente. Até porque tenho até o final do ano para resolver isso. Tenho que fazer ainda um bom final de temporada para tentar uma renovação aqui ou ver se vai acontecer outra coisa", comentou.

Além de Antônio Carlos e Rodrigo Caio, que formam a dupla de zaga titular, o elenco tem apenas Paulo Miranda (atualmente lesionado), Edson Silva e Lucas Silva para a posição. Rafael Toloi, emprestado à Roma, poderá permanecer por lá, caso o time italiano exerça a preferência de compra. Segundo Ataíde Gil Guerreiro, o São Paulo tem olhado opções no mercado, porém ainda não há nenhuma negociação em curso.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade