Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Aidar diz que Kardec “ainda” não é do Tricolor, mas quer acerto logo

São Paulo (SP)

A contratação do atacante Alan Kardec já é dada como certa internamente no São Paulo. O presidente do clube, Carlos Miguel Aidar, tem um pouco de cautela para falar sobre o assunto, mas já demonstra confiança em contratar o principal atacante do rival Palmeiras.

“O Alan Kardec não é do São Paulo ainda, mas espero que seja em muito breve. O atleta está no mercado e quem disse isso não fomos nós, mas sim o pai do atleta. O São Paulo se interessa por ele como se interessa por qualquer grande jogador que possa compor a equipe como um todo. Oxalá a gente consiga trazê-lo, mas vamos esperar esgotar todos os prazos de negociação da Sociedade Esportiva Palmeiras com ele”, afirmou o dirigente, em entrevista ao Sportv.

O atacante está emprestado pelo Benfica ao Palmeiras até dia 30 de junho, sendo que o Alviverde tem prioridade de adquirir os direitos do atleta até o fim de maio. O clube presidido por Paulo Nobre já tinha acordo com o time português para exercer a preferência, mas não chegou a um acordo salarial com o atacante. Diante do impasse, o São Paulo entrou no negócio e também se acertou com o Benfica, oferecendo ainda ao jogador uma remuneração melhor do que no rival.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Alan Kardec está se despedindo do Palmeiras para assinar com o São Paulo
“Existem prazos legais que precisam ser cumpridos. Há uma notificação, pelo que soubemos, do Benfica ao Palmeiras, dando prazo de opção e que importa em um determinado valor de aquisição dos diretos federativos e econômicos do atleta, além da concordância do jogador. Ao que parece, embora o Palmeiras tenha concordado com o valor, o atleta não está querendo. Não há nada concreto, é uma grande especulação, mas acredito que isso se resolva no curso dessa semana. É o que eu espero”, acrescentou.

Apesar de a investida do São Paulo ter mudado totalmente o curso das conversas entre Palmeiras e Alan Kardec, o presidente tricolor tentou evitar um clima ruim com o rival. “Na verdade, não quero atrapalhar a negociação do Palmeiras com o atleta, não é essa nossa intenção. Foi dito por quem o representa que ele está no mercado e aceita ouvir outras propostas. Vamos esperar o decorrer esse prazo”.

Alegando uma gastrite, Alan Kardec não entrou em campo na derrota do Palmeiras para o Fluminense.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade