Futebol/Copa Libertadores - ( - Atualizado )

Alecsandro pede desculpas à torcida, mas nega falta de empenho

Rio de Janeiro (RJ)

A torcida do Flamengo saiu mais uma vez decepcionada do estádio do Maracanã e recebeu um pedido de desculpas do atacante Alecsandro, na noite desta quarta-feira. Depois da derrota por 3 a 2 para o León, que determinou a eliminação do Rubro-negro na Copa Libertadores da América, o jogador admitiu que a equipe mexicana teve um desempenho melhor.

“Tenho de pedir desculpa. Nossa equipe tentou jogar e ganhar a partida, mas o time deles teve toque de bola e não conseguimos encaixar a marcação para diminuir os espaços. Acho que tiveram até mais posse de bola do que nós. Não conseguimos encaixar a marcação e fica difícil fazer gol sem a bola”, lamentou o atleta, ao canal Fox Sports.

Alecsandro lembrou ainda a vontade em campo e revelou ter levado até pontos na cabeça durante o intervalo, por conta de um choque que teve com o colega de clube Samir.

AFP
O Flamengo foi eliminado pelo León no estádio do Maracanã (Foto: Vanderlei Almeida)
“Tomei três pontos sem anestesia no vestiário. O doutor perguntou se eu faria na hora ou depois, mas eu falei para fazer do jeito que desse. É luta. A torcida saiu chateada, mas não faltou luta e nem determinação. Empatamos duas vezes, mas temos de dar os parabéns ao adversário, que jogou muito bem”, acrescentou.

Campeão do torneio por Internacional (em 2010) e Atlético-MG (2013), o atacante esperava conseguir a taça também pelo Flamengo. “Tenho duas Libertadores e fica um sentimento muito ruim, porque sei qual é o gosto de ser campeão da América”, completou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade