Futebol Internacional/Copa 2014 - ( - Atualizado )

Álvaro Pereira expõe jogo-chave do Uruguai na Copa: "Contra a Costa Rica"

São Paulo (SP)

Não é a Itália, tampouco o esquadrão inglês. Após analisar o grupo do Uruguai na Copa do Mundo de 2014, o lateral-direito Álvaro Pereira, que defende o São Paulo, revelou que o jogo-chave da Celeste olímpica no torneio em solo brasileiro será contra a Costa Rica, única seleção do grupo que jamais conquistou a taça do Mundial.

“A estreia na Copa do Mundo sempre é o nosso desafio mais complicado. Por isso, o jogo-chave será contra a Costa Rica. Temos que tratar de começar com o pé direito, para definir nosso futuro diante de Itália e Inglaterra”, sintetizou o defensor tricolor, em entrevista ao SporTV.

Adiante, o lateral minimizou a possibilidade de um “novo Maracanazo” e exaltou a Seleção Brasileira, a quem definiu como favorita ao título: “Com todo respeito ao Maracanã, mas eu sempre falo que esse grupo que vai representar o Uruguai não vive do passado. É difícil repetir o feito de 1950. Primeiro por causa do caminho para a final, tanto o brasileiro quanto nosso, e também pelo fato de passar muita água debaixo da ponte. O Brasil ganhou cinco Copas e nós apenas uma. São outros tempos. Porém, independente do adversário, estaremos motivados na decisão, se ela vier para nós”, sintetizou.

Por fim, Pereira descartou a estratégia de “se poupar” para chegar na plena forma física ao Mundial: “Estou com a cabeça 100% no São Paulo. Não deixo para amanhã o que posso fazer hoje. É o clube paulista que está alimentando a minha família. Além disso, foi quem apostou e acreditou em mim. Tenho que demonstrar aqui o motivo de vestir o manto uruguaio. Graças a Deus, tenho lugar assegurado na seleção, mas penso muito no dia a dia da minha equipe”, revelou, sem antes expor seu sonho: “Vim para ficar na história do clube, assim como fizeram muitos uruguaios”.

A estreia dos uruguaios na competição será no dia 14 de junho, sábado, às 16 horas (de Brasília), na Arena Castelão, em Fortaleza-CE. Já os embates contra Inglaterra e Itália estão programados para São Paulo (Arena Corinthians) e Natal (Arena das Dunas), respectivamente.

Djalma Vassão/Gazeta Press
"É o clube paulista que está alimentando a minha família", disse Pereira descartando o "corpo mole"

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade