Futebol/Copa do Brasil - ( - Atualizado )

América-RN vence na Arena das Dunas e elimina o Boavista-RJ

Natal (RN)

O América-RN garantiu a classificação para a segunda fase da Copa do Brasil ao derrotar o Boavista, por 2 a 0, em partida disputada na noite desta quarta-feira, na Arena das Dunas, em Natal. O time do Rio Grande do Norte entrou em campo com boa vantagem, por ter vencido a primeira partida, fora de casa, por 2 a 1, e não se acomodou para garantir um novo triunfo.

Na próxima etapa da competição, o América vai enfrentar o Náutico-PE, que eliminou o Sergipe nos pênaltis.

O jogo - Precisando da vitória para garantir a classificação, o Boavista partiu para o ataque, e logo aos seis minutos, Thiaguinho cruzou da direita, a bola bateu na mão do zagueiro Édson Rocha, mas o árbitro ignorou as reclamações dos jogadores da equipe do Rio de Janeiro.

O América só engrenou depois dos 15 minutos. Aos 18, Bruno Costa derrubou Rodrigo Pimpão na entrada da área. Marcelinho bateu com categoria e Marcelo Carné fez grande defesa.

A partida ficou equilibrada e só aos 31 minutos, a torcida voltou a ter motivos para vibrar quando Rodrigo Pimpão invadiu a área, mas o goleiro do Boavista conseguiu abafar a jogada, saltando nos pés do atacante.

O Boavista encontrava dificuldades para criar jogadas ofensivas e só aos 41 é que voltou a incomodar a zaga rubra, em passe de André Luís para Thiago Silva, mas Cleber evitou a conclusão.

No último lance importante da primeira etapa. Rodrigo Pimpão recebeu bom lançamento, se livrou da marcação, mas chutou errado. Os dois times voltaram para o segundo tempo com o mesmo espírito da etapa inicial. O América procurava administrar o resultado, enquanto o Boavista tentava chegar ao gol, mas não mostrava capacidade para incomodar a defesa potiguar.

Aos 12 minutos, o América marcou o primeiro gol. Após cruzamento na área, a defesa do Boavista afastou mal e a bola sobrou para Thiago Cristian que chutou forte e colocou a bola no canto esquerdo de Marcelo Carné.

Mesmo depois de sofrer o gol, o time de Saquarema continuou sem incomodar o goleiro Fernando Henrique. Seus atacantes não conseguiam criar jogadas perigosas e o América apenas controlava a partida, sem muita dificuldade. Aos 35 minutos, foi a vez de Jean Cléber perder uma boa chance para ampliar o marcador, ao receber, na área e acertar o travessão do Boavista. Quatro minutos depois, o goleiro Marcelo Carné evitou o segundo gol ao defender com segurança um chute forte de Isac.

Nos últimos minutos, o Boavista desistiu de buscar um resultado melhor e se limitou a tentar impedir que o América ampliasse o marcador, mas acabou fracassando. Aos 45 minutos, Isac tabelou com Rodrigo Pimpão, invadiu a área e chutou para definir o resultado da partida.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade