Futebol/Copa do Brasil - ( - Atualizado )

André Rocha agradece apoio da torcida vascaína: "Faz toda a diferença"

Rio de Janeiro (RJ)

Na noite desta quarta-feira, a torcida do Vasco protestou nas arquibancadas de São Januário mostrando faixas de campeão carioca e usando narizes de palhaço, mas a revolta passou longe de ser direcionada aos jogadores. Apesar dos sustos e da vitória pelo placar mínimo, os cruz-maltinos apoiaram a equipe durante todo o confronto com o Resende, pela Copa do Brasil. Com tamanho respaldo, o lateral direito André Rocha agradece.

“Essa torcida chega a arrepiar. Foi um negócio muito triste para a gente ter perdido esse título (Carioca). A torcida faz toda diferença no nosso desempenho, age de acordo com nossa atuação, e temos mostrado raça, união. A torcida merece isso aí”, exalta o jogador após a vitória por 1 a 0 que rendeu vaga na segunda fase da Copa do Brasil.

O zagueiro Luan seguiu a mesma linha ao classificar a força vinda das arquibancadas como determinante para a vitória sobre o Resende. O defensor, porém, lamenta o cumprimento da pena de três jogos com portões fechados que o Vasco fará nas primeiras rodadas da Série B do Campeonato Brasileiro.

Marcelo Sadio/vasco.com.br
Torcedores levaram cartazes para mostrar indignação com erro da arbitragem na final do Carioca
“A torcida tem um carinho muito grande por mim. Fico feliz, foi um bom jogo, agora vamos ficar longe deles, vamos ficar três jogos longe daqui. Mas a gente agradece pela força que deram desde domingo”, declara, referindo-se à punição imposta pelo STJD após briga de torcidas na última rodada do Campeonato Brasileiro do ano passado.

Além de jogar sem a torcida nas três primeiras rodadas nas quais terá mando, o Vasco ainda perde São Januário nos três compromissos seguintes, já que é obrigado a atuar neste período a pelo menos 100km do Rio de Janeiro.

Assim, a combinação entre torcida, time e estádio vascaínos só deve voltar a acontecer pela Segundona no dia 18 de julho, quando o Cruz-maltino recebe o América-RN pela 12ª rodada. Para matar a saudade, porém, até lá o Vasco deve voltar a atuar em casa pela Copa do Brasil

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade