Futebol - ( - Atualizado )

Andrés confirma viagem por naming rights e estreia oficial em maio

Bruno Ceccon São Paulo (SP)

Encarregado de tratar com as empresas interessadas em batizar o novo estádio do Corithians, Andrés Sanchez viajará para Dubai neste domingo. O primeiro jogo oficial da arena, independentemente das negociações nos Emirados Árabes, será realizado no próximo dia 17 de maio.

“As pessoas no Corinthians são muito fofoqueiras”, resmungou Sanchez quando questionado se realmente viajaria com a finalidade de tratar dos naming rights no final de semana. Ele confirmou a informação, mas avisou que o negócio “ainda está morno” e reclamou dos órgãos de imprensa que chamam o estádio de Itaquerão.

Principal articular do projeto da arena, Sanchez tem negociado com o Abu Dhabi Investment Authority, fundo que controla duas empresas aéreas, a Emirates, de Dubai, e a Etihad, de Abu Dhabi. O clube poderia até diminuir a pedida inicial de R$ 400 milhões por 20 anos de acordo.

Na manhã desta terça-feira, a Odebrecht, construtora responsável pelas obras, entregou oficialmente o estádio ao Corinthians. Acompanhado pelo atual presidente Mário Gobbi na cerimônia, Sanchez foi ácido ao admitir que o empreendimento segue inacabado.

“Podem ficar tranquilos, que não vai cair nada na cabeça de ninguém aqui. Como todos vocês (jornalistas) são ricos, não têm os problemas que nós temos aqui na Zona Leste. Quando você constrói uma casa, é complicado. Realmente, algumas coisas ainda precisam ser terminadas nas próximas duas semanas”, afirmou.

Divulgação/Agência Corinthians
Andrés Sanchez confirmou a viagem para negociar os naming ritghts e o primeiro jogo oficial. Foto: Rodrigo Coca
Desde que as autoridades concedam as liberações necessárias, o clube pretende promover um evento com aproximadamente 5 mil crianças no próximo dia 26 de abril, sem partida de futebol. Em 1º de maio, com cerca de 10 mil pessoas nas arquibancadas, funcionários da Odebrecht e seus familiares disputarão os primeiros jogos.

No dia 10 de maio, com aproximadamente 25 mil pessoas, ídolos do clube devem entrar em campo. Em tese, a primeira partida oficial do Corinthians em seu novo estádio será contra o Figueirense, em 17 de maio, pelo Campeonato Brasileiro. O confronto com o Atlético-PR, em 21 de maio, também pode ocorrer no local.

Na sequência, o Corinthians entrega o estádio para a Fifa, já que a arena será palco da partida de abertura da Copa, entre Brasil e Croácia, no próximo dia 12 de junho – no total, o local receberá seis partidas pelo torneio. Após o Mundial, o clube reassume as operações e finalmente termina as obras.

A possibilidade de entregar o estádio à Fifa com apenas uma partida oficial não preocupa Sanchez. “Se tem algo que o Corinthians sabe fazer, são jogos de futebol. É diferente dos outros estádios. Para o Corinthians (um único jogo) é suficiente. Mas precisa perguntar para quem vai fazer o evento”, afirmou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade