Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Antônio Carlos marca no fim e dá empate ao São Paulo contra Cruzeiro

Belo Horizonte (MG)

Em meio às negociações para anunciar o atacante Alan Kardec, do Palmeiras, o São Paulo conseguiu o empate por 1 a 1 contra o Cruzeiro, neste domingo, nos acréscimos da partida válida pelo Campeonato Brasileiro. No estádio João Havelange, em Uberlândia, a Raposa contou com falta muito bem cobrada por Júlio Baptista para abrir o placar. Porém, já no fim do jogo, Antônio Carlos mostrou seu poder ofensivo pelo alto e mandou para o gol.

O São Paulo, que internamente já dá como certa a contratação de Alan Kardec, continua invicto no Brasileirão. Depois da vitória sobre o Botafogo na primeira rodada, o time de Muricy Ramalho fica com quatro pontos, mesmo número do Cruzeiro.

A partida deste domingo não pôde ser disputada em Belo Horizonte por conta de uma punição recebida pelo Cruzeiro, em consequência de incidentes no clássico contra o Atlético-MG, no Brasileirão do ano passado.

Pelo Nacional, o São Paulo volta a campo no sábado, diante do Coritiba, no estádio do Pacaembu, já que o Morumbi não poderá ser utilizado por conta de um show. No mesmo dia, o Cruzeiro joga como visitante diante do Atlético-PR, no Mané Garrincha, em Brasília.

Rubens Chiri/Site Oficial SPFC
Antônio Carlos marcou o gol do São Paulo nos acréscimos da partida deste domingo
Antes do jogo pelo Brasileirão, a equipe celeste tem importante compromisso pela Copa Libertadores da América. O duelo será contra o Cerro Porteño, na quarta-feira, em Assunção, pelas oitavas de final.

O jogo - As duas equipes apostaram na marcação sob pressão para o início da partida. Mesmo assim, o Cruzeiro criou chance em chute de Willian, que recebeu de Everton Ribeiro pela esquerda, puxou para o meio e arremato nas mãos de Rogério Ceni. Do outro lado, Boschilia também finalizou de fora da área, errando o alvo.

Ainda no começo do jogo, o técnico Muricy Ramalho teve de promover sua primeira alteração, pois o lateral direito Douglas sentiu lesão e foi substituído por Luis Ricardo. Com dificuldade dos dois times em invadir a área, Alexandre Pato tentou achar uma solução finalizando de fora da área, mas mandou sem direção, por cima do gol.

A primeira, e única, grande chance do primeiro tempo saiu aos 23 minutos. Depois de cobrança de falta para a área, três cruzeirenses apareceram livres diante de Rogério Ceni, mas Ricardo Goulart desperdiçou a oportunidade, cabeceando para fora. Do outro lado, o Tricolor seguiu buscando apenas em chutes de fora da área, sem eficiência. Quando o time visitante investiu na jogada aérea, Alexandre Pato não alcançou.

Já no fim da etapa, a torcida são-paulina viu um motivo para ter esperança, pois o árbitro assinalou falta perto da área, ao observar toque de mão de Henrique em disputa com Alexandre Pato. Fábio é o goleiro que mais sofreu gols de Rogério Ceni, mas o capitão são-paulino bateu por cima do travessão.

Arte GE.Net
O São Paulo voltou ao segundo tempo mais presente no ataque, e Alexandre Pato cruzou por baixo no primeiro minuto para Luis Fabiano, mas Samudio tirou antes de o centroavante dominar. A resposta do Cruzeiro foi fatal. Dedé roubou a bola na zaga e fez o lançamento para Willian, que driblou Rodrigo Caio e sofreu falta, na meia-esquerda. Assim, aos quatro minutos, Júlio Baptista fez a cobrança muito bem, por cima da barreira para superar Rogério Ceni, que nem sequer teve tempo de se mexer.

O técnico Marcelo Oliveira até preparava a entrada de Borges quando o placar estava inalterado, mas desistiu da mudança com o gol. Assim, foi Muricy Ramalho quem decidiu alterar. O atacante Osvaldo entrou no lugar do meia Boschilia. Mesmo assim, o Cruzeiro se posicionou bem em campo, impedindo os avanços do oponente.

Como o São Paulo passou a buscar com mais intensidade o ataque, Marcelo Oliveira percebeu que deveria incomodar também na frente e trocou, substituindo Júlio Baptista por Borges. O time mineiro se fechou ainda mais com a vantagem, mas sempre atento aos contragolpes. Porém, nos acréscimos, Antônio Carlos aproveitou cobrança de falta e mandou de cabeça para as redes.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade