Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Apesar de fã, vice de futebol não descarta vender Luis Fabiano

Tossiro Neto São Paulo (SP)

A iminente contratação do palmeirense Alan Kardec não vai tirar espaço de Luis Fabiano, garante a diretoria do São Paulo. A intenção do técnico Muricy Ramalho seria utilizar os dois juntos - Kardec sozinho, só quando Luis for poupado. Isso não significa, no entanto, que o artilheiro não possa ser vendido.

"Sou fã incondicional do Luis Fabiano", disse o vice-presidente de futebol, Ataíde Gil Guerreiro, na manhã desta terça-feira. "Eu também", interrompeu-o, seu chefe, o presidente Carlos Miguel Aidar, antes de deixá-lo prosseguir. "O Luis Fabiano, para mim, é o grande craque do São Paulo. Não passa pela minha cabeça, em hipótese alguma, negociar o Luis Fabiano".

Mas essa declaração, aparentemente definitiva, foi atualizada pouco depois. "Não tem ninguém preso no São Paulo. Se tiver proposta que seja interessante para o clube, tiramos (do elenco) e vamos atrás de outro jogador. O mercado tem que ser dinâmico. Tirando o Rogério Ceni, que é um patrimônio do clube e não dá para tirar do São Paulo, se o jogador for valorizado e tiver proposta boa, sai qualquer um. Não existe restrição a ninguém", corrigiu-se Ataíde.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Carlos Miguel Aidar interrompeu Ataíde Gil Guerreiro para dizer que também tem o centroavante como ídolo
Luis Fabiano tem contrato até o final de 2015 e já quase deixou o São Paulo algumas vezes. Na gestão passada, do presidente Juvenal Juvêncio, também passou do status de "inegociável" para "disponível no mercado" até, depois de uma conversa com a diretoria e a promessa de melhora - que tem se cumprido nesta temporada -, estendeu sua permanência. Só que, quando volta a ser criticado pela torcida, responde apenas que vai cumprir o acordo até o fim.

Por enquanto, a preocupação é fazer com que o camisa 9 se dê bem ao lado de Kardec. "Por ser um atleta que sempre lutou muito nas partidas, ele já teve muitos problemas físicos e não aguenta mais o calendário brasileiro, que judia muito. É possível encontrar um lugar para o Kardec junto ao Luis Fabiano. No Santos, ele jogou com o Borges e também mais atrás, no lugar do Ganso. Mas o Luis Fabiano também será preservado em algumas partidas menos importantes", disse o dirigente.

Em 2014, o centroavante foi poupado duas vezes por Muricy Ramalho. A última delas, na quarta-feira passada, quando o São Paulo foi derrotado por 2 a 1 pelo CRB, na segunda fase da Copa do Brasil. Mesmo assim, ele tem feito um bom início de temporada, com 12 gols marcados.

A história de Kardec com a camisa tricolor, no entanto, só poderá começar em julho, quando abrir nova janela de transferências internacionais, uma vez que seus direitos econômicos pertencem ao Benfica, clube português que o emprestou ao Palmeiras até 30 de junho. A diretoria do São Paulo espera oficializar sua contratação ainda nesta terça-feira.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade