Futebol - ( - Atualizado )

Após biópsia muscular, médico aponta Valdivia 100% e "voando" na Copa

William Correia São Paulo (SP)

Autor de biópsia muscular que apontou problemas no organismo de Valdivia há dois anos, o médico Beny Schmidt entregou ao Palmeiras resultados animadores do novo procedimento realizado na semana passada. O exame aponta o jogador mais caro do elenco sem nenhuma dificuldade e ainda diminui as dúvidas da seleção chilena sobre as condições do meia para o Mundial, daqui dois meses.

“O Valdivia vai estar voando na Copa do Mundo”, disse Schmidt à Gazeta Esportiva ao saber que o técnico do Chile, Jorge Sampaoli, afirmou no fim do ano passado que, nas condições físicas apresentadas naquela época, seria impossível o camisa 10 do Verdão ter condições de ser convocado para o Mundial.

O Palmeiras também pode esperar mais de seu funcionário mais caro. “Ele está 100%”, avisou o médico. “Melhorou completamente em relação à biópsia que tínhamos feito, as alterações que tinham sido detectadas estão totalmente corrigidas. Ele tem a mesma aptidão física para praticar um esporte de alto rendimento no mesmo nível de qualquer grande atleta como ele que tenha 30 anos.”

A evolução física de Valdivia é fruto do trabalho cauteloso iniciado na última temporada. Gilson Kleina tem poupado o jogador de treinos no campo e alternado suas participações nas partidas, privilegiando um reforço físico para evitar lesões. Assim, os problemas musculares ficaram cada vez mais raros.

“O departamento médico do Palmeiras agiu com sabedoria. O que vi na segunda biópsia é uma situação absolutamente diferente da primeira, tanto que ele já passou praticamente um ano sem lesão muscular. Melhorou muito”, reforçou Schmidt.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Exame que corte pequena parte do músculo mostra que Valdivia não tem os mesmos problemas de dois anos atrás
Em 2014, o único problema físico do meia ocorreu contra o Ituano, quando ele ficou no banco e jogou no sacrifício, com dores no tornozelo direito – consequência das pancadas que recebeu na partida anterior. Neste período sem compromissos do Verdão, Valdivia se manteve mais tempo trabalhando fisicamente do que com bola.

O procedimento realizado no jogador em 2012 e na semana passada consiste em pequeno corte no músculo do braço esquerdo para análise. A última realmente animou Beny Schmidt, fã do chileno. “Ele é melhor tecnicamente do que 99% dos jogadores. E agora está 100% na questão muscular”, elogiou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade