Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Após nova atuação discreta, Ronaldinho volta a dizer que precisa de ritmo

Uberlândia (MG)

Ronaldinho fez muito pouco no empate por 0 a 0 do Atlético-MG com o Corinthians. O meia teve dificuldade para se desvencilhar da marcação, no Parque do Sabiá, e voltou a recordar o fato de que não esteve muitas vezes em campo na temporada, completando no domingo sua décima partida.

“A gente sente um pouco a falta de ritmo. É de ritmo que preciso. Quanto mais eu jogar, mais rapidamente vou ter isso. Vou continuar trabalhando, porque teremos jogos importantes”, afirmou o jogador, referindo-se às oitavas de final da Copa Libertadores, contra o Nacional de Medellín.

O meia não considerou ruim o resultado na estreia do Campeonato Brasileiro, mas se mostrou confuso. O jogo aconteceu em Uberlândia por causa de uma punição do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) ao Atlético-MG, e o gaúcho disse contar com um confronto como mandante com o Corinthians no segundo turno.

Bruno Cantini/CAM
Ronaldinho repetiu o que havia dito antes do jogo, apontando a falta de ritmo como um obstáculo
“Foi o primeiro jogo, fora de casa... Então, foi importante conquistar um ponto. A gente sempre joga em busca da vitória, mas depois vamos ter a vantagem de jogar em casa contra eles no segundo turno. Se fizermos quatro dos seis pontos no duelo, estará bom”, comentou.

O Atlético-MG só jogará mesmo no Independência, onde costuma aproveitar um bom aproveitamento, daqui a dez dias, no segundo duelo com o colombiano Nacional. Pelo Brasileiro, a equipe dirigida por Paulo Autuori jogará em casa apenas em 4 de maio, contra o Goiás.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade