Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Após partida ruim, Luciano diz encarar possível banco “numa boa”

Marcos Guedes São Paulo (SP)

Luciano surpreendeu na chegada ao Corinthians, marcando rapidamente seis gols e ganhando uma posição no ataque no Campeonato Paulista. O Brasileiro não começou tão bem para o jogador de 20 anos, que teve um desempenho pouco satisfatório contra o Atlético-MG e passou a correr o risco de voltar ao banco de reservas.

“Todos os jogadores do Corinthians têm condição de atuar. Independentemente de quem for jogar, tem que encarar numa boa e continuar trabalhando firme. Se acontecer de o professor escolher outra opção, vou estar tranquilo, focado, pronto para entrar e dar o máximo”, afirmou.

No treinamento coletivo dirigido por Mano Menezes na quinta-feira, Luciano começou entre os titulares, como um meia-atacante pela direita – Romarinho e Guerrero estavam à frente. Depois, ele deu lugar a Petros, e cresceu bastante de produção a formação de cima.

Não será surpresa, portanto, se o treinador escolher uma formação com Petros no meio, auxiliando Jadson na armação, com Romarinho e Guerrero no ataque. Foi esse o desenho que funcionou na parte final do confronto com o Atlético-MG, com Luciano no banco.

Divulgação/Agência Corinthians
Luciano pode passar a maior parte do jogo de domingo, contra o Flamengo, sentado (foto: Daniel Augusto Jr.)
Seja como for, a preocupação do Corinthians é botar a bola na rede, o que não aconteceu em Minas Gerais. A ausência gols no jogo do último domingo trouxe à tona más recordações do último Brasileiro, no qual o time empatou 17 vezes e ficou sem marcar em 19 oportunidades.

“A gente perdeu gols na estreia, mas nada que o trabalho não possa resolver. A gente vai trabalhar forte no domingo para fazer o gol e sair com os três pontos. Independentemente de quem for jogar, vamos buscar esse resultado na frente do nosso torcedor”, prometeu Luciano.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade